Men In Trees

A série conta a história de Marin Frist (Anne Heche), que seria um tipo de técnica de relacionamentos e também é uma autora de sucesso, de livros que ensinam as mulheres a achar o homem certo, usando sua vida pessoal como modelo.

Premissa bem batida, bem clichê, ainda mais o que acontece logo no começo do episódio, quando ela está indo para uma de suas conferencias, no Alaska. A caminho de sua palestra, ela descobre que seu noivo a está traindo. Uma autora que ensina sobre relacionamentos, vê seu próprio ir por água a baixo? Não é muito original também.

Mas tudo isso que eu falei não é um problema para a série. Não acho estavam querendo fazer a série mais original do planeta. Conseguiram sim fazer uma das séries mais leves da atualidade, com uma das locações mais belas.

Marin chega nessa pequena cidade do Alaska (não lembro o nome), para a palestra e se vê presa lá, depois de um tempo, resolve ficar, pra esquecer um pouco de tudo e também porque começa a gostar da cidadezinha. Sua maior fã, Annie (Emily Bergl), a segue e também resolve ficar por lá, após encontrar um possível novo amor.

Não sei se dá pra convencer uma pessoa a ver a série pelo que eu contei até agora, pois não parece ser lá essas coisas, mas deixa tentar agora um pouco mais.

A cidadezinha é encantadora, ultra pequena, todo o clima visto em outras séries em pequenas cidades está presente aqui. Mas essa é ainda menor. A convivência com animais nas ruas ou até entrando nas casas das pessoas é mostrada de forma divertida pelos olhos de Marin. Além de a cidade ser composta pela sua esmagadora maioria por homens, outro ponto explorado de forma divertida.

Anne Heche está muito bem no papel principal (eu particularmente adoro ela). Temos também a Emily Bergl, que está encantadora no papel da insegura Annie. Pra quem vê ER, temos aqui um conhecido: Abraham Benrubi (O recepcionista, Jerry), como dono do bar da cidade.

Personagens carismáticos, belíssimo cenário, um clima leve. Não vou dizer que é maravilhosa nem nada. É uma boa série. Mas se você está procurando uma série com um clima leve pra se divertir, achou. Não deixe de dar uma conferida. A série estréia no dia 24 de janeiro, quarta-feira, às 22h, e irá substituir a cancelada Smith na grade do canal.

5 comentários sobre “Men In Trees

  1. Essa série é bem bacana mesmo… Estava meio reticente porque não era muito fã da Anne Heche, mas ela está ótima no papel e aprendi a amá-la como atriz… Os personagens, a cidadezinha, tudo é muito agradável… A série é leve, divertida e gostosa de assistir… Simplesmente estou adorando. Vale a pena conferir mesmo.

  2. Será que vc consegue descobrir o nome da música que está passando em um comercial da série? Não é a “All for love” é a do outro comercial. Já procurei e não consigo descobrir.

  3. Excelente serie:leve, bons atores, belas paisagens.Foge do “ensino da criminalidade”.Feita para quem quer relachar após um dia de trabalho!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s