House – 4×02: The Right Stuff

House 4×02

Quarenta candidatos e apenas três sobreviverão até o final, além disso, eles serão cortados por motivos que podem fazer algum sentido ou não, tudo depende do humor de quem comanda a sala e essa pessoa é o doutor Gregory House. Tudo pode acontecer. Além de atormentar todos os candidatos ao cargo de pupilos, o doutor também acaba tendo “visões” com os antigos. A conclusão a que chegamos após isso é de que o Wilson veio com tudo essa temporada, assim como os roteiristas da série. Se acompanha o seriado e viu o episódio sabe do que to falando.

Spoilers Abaixo:

“Tesla was robbed.”

É isso que vemos no quadro negro enquanto House apresenta a paciente da semana, só por isso já fiquei com uma extrema vontade de poder ter visto essa e outras lições que ele passou para os candidatos. Falando na paciente, temos uma mulher, piloto da força aérea americana, que começa a ouvir com os olhos e contemplamos tudo isso em meio a belas e ilustrativas cenas desse distúrbio que ela tem.

Ela está perto de entrar no programa espacial da NASA e este pequeno problema pode acabar com seu sonho, então ela acaba chegando até o House. Oferece um dinheiro para ele dar um jeito nela sem nenhum registro disso. Será que o íntegro doutor aceitaria dinheiro para fazer isso? Ele faria de graça, mas não reclama de receber esse bônus.

Tenho que confessar que apesar de ter achado maravilhoso, melhor que o primeiro episódio da temporada, algo ficou me martelando. Acho que esperava algo diferente por todos os spoilers que havia lido e o promo que tinha visto. Mas isso não é um problema do seriado e sim meu e espero que quando o rever isto mude. Apesar de toda essa bizarrice de minha parte, achei um dos melhores episódios da série.

E o Wilson sacaneando legal o House novamente foi maravilhoso, alias toda a história da visão dos pupilos foi estupidamente engraçada. Depois de tudo o que o seu amigo fala de ele andar tendo visões, após beber, achar ter visto o Foreman foi maravilhoso. E o que dizer da Cuddy perguntando se ele havia bebido? Ri muito.

O Chase falando o diagnóstico da paciente no fim e se revelando para o House foi um dos melhores momentos do episódio. Porém o melhor foi a conversa dele com a Cameron no fim, com pequenos gestos e pequenas mudanças em sua expressão, deu pra perceber claramente a alegria do House ao vê-la. Hugh Laurie é deus. Eu abri um sorriso em toda essa parte final e foi difícil se desfazer dele, mesmo não fazendo tanta falta na série, é bom tê-los de volta. E o doutor expressa a emoção de rever sua pupila com a frase abaixo:

“O cabelo te deixa parecendo com uma prostituta. Eu gostei dele.”

E claro, um quote da Cameron para matar a saudade dela e também elucidar um pouco do porque do House proteger o segredo de sua paciente, apesar de tentar dizer que foram outras coisas. A sim, a paciente tem um problema genético incurável e apesar de o problema que isso causou ter sido resolvido, pode voltar a qualquer momento. Agora vamos a frase:

“Você não conseguiu acabar com o sonho dela.”

Apesar de tudo isso, as estrelas do episódio foram os novos pupilos. Desde uma estudante estrangeira ilegalmente no país, a um velho que não possui diploma de medicina. Todas as momentos com eles rederam ótimas cenas , eles perseguindo o House pelo hospital, o doutor mandando um grupo lavar seu carro. Além de todas as intervenções da Cuddy. Tudo maravilhoso.

Abaixo vou falar de alguns candidatos que se destacaram durante o episódio e por isso mesmo ficaram para a próxima rodada do conselho tribal (entenderão melhor essa após verem o promo do próximo episódio):

– Nº26: Um esforçado e paciente senhor de uma idade um pouco avançada perto de seus colegas. Esperto e com uma certa experiência, se destaca pelo seu conhecimento adquirido, porém chama a atenção por evitar fazer os procedimentos. Ao fim House descobre que ele não tem diploma e o depoimento do 26, além de seu comportamento ao longo da entrevista, chama a atenção do doutor que o contrata para ser seu assistente pessoal. Se o faxineiro já palpitou, agora ele terá alguém de fora gabaritado para ajudá-lo. Adorei ele e estou ansioso para ver o que o House vai aprontar com ele.

– Nº39: Cirurgião plástico que parece estar chegando na faixa dos quarenta anos, esperto e bem eloqüente. Consegue se destacar por pensar de modo diferente do resto, participação e não ter medo de errar. A sugestão da aplicação de silicones no peito da paciente para aproveitarem a incisão e conseguir diagnosticá-la foi uma jogada inteligente e não usual. Perfeito para o House. Gostei muito dele também, uma pessoa diferente do que estamos acostumados e sua especialização seria interessante se ficasse em definitivo.

– Nº13: Seria ela a nova Cameron? Jovem e bonita, misteriosa e inteligente, demonstrou que consegue pensar em coisas não usuais naturalmente. Tentou ao máximo evitar falar de sua vida pessoal e mesmo quando House pegou no centro da questão, consegui se manter razoavelmente calma. Gostei dela também, já gostava da Olívia Wild em outras séries e estava bem aqui. Achei interessante sua personagem, vamos ver nos próximos episódios.

– Nº24: Tínhamos que ter alguém assim, portanto ela representa a bitch dos candidatos. Ela é bem esperta e não pensa duas vezes antes de passar a perna em alguém para se dar bem, o lance na hora de lavar o carro foi bem divertido. Porém ela foi percebendo que está lidando como mestre no assunto e House sacou qual é a dela desde o inicio e gostou. Acho que seria muito bom ter uma pessoa com a personalidade dela na equipe e adorei a atriz, veremos nos próximos.

– Nº18: O garoto mórmon, focado e muito em seu objetivo, me parece um pouco como o Foreman com toques de Chase. A forma como o House o persuadiu a quebrar uma de suas crenças e depois argumentou contra o que havia defendido foi um dos melhores momentos do episódio. Uma pessoa tão focada, ingênua e com uma crença tão forte seria uma aquisição interessante na equipe.

– Nº06 ou Nº09: O garoto indiano foi uma das figuras mais divertidas no episódio, tendo sido demitido e depois insistindo e trocando o seu número, foi uma jogada muito boa e o House percebeu. Depois teve o lance dele sugerir dar bebida para a paciente, depois dessa ele teve que voltar a disputa. O cara não tem medo de arriscar para salvar os paciente, pensa em alternativas não usuais e é engraçado. Ficarei satisfeito com sua presença na nova equipe se vier a acontecer.

Além destes ficaram mais alguns, como podem ver rapidamente no promo abaixo. Porém eu gostei mais desses. E o vídeo que verão a seguir só me deixou na expectativa por um dos melhores episódios da série. Vejam vocês mesmo:

4×02 – The Right Stuff – 9,5 (MVP:Hugh Laurie)

8 comentários sobre “House – 4×02: The Right Stuff

  1. n26, espero que fique fixo na série…pq realmente vai ser MTO engraçado ver esse sr ao lado do House, ele entrando no apt achei D+!
    n39 tb gostei!!!o careca é diferente dos pupilos e tem uma visão legal que calha que o House gosta
    n13 gostei…mas espero que não seja só mais um rostinho bonito…mas como já tinha lido spoilers já sabia que ela não seria eliminada então quando mandam sair a fileira que ela está só fiquei esperando o House mandar ela voltar…mas foi mto bom ele mandar ela voltar e pra não ficar chato mandar a fileira inteira voltar e mandar sair a outra uhauhauhahua
    n24 pode revolucionar a série…acho que vai ser odiada e amada…e que se ficar vai salvar vidas mas de forma nada ortodoxa…bem semelhante ao House!!!a parte do carro foi bem legal mas bem obvia quando ela fala que ia abandonar eu tinha CTZ que ela ia voltar…mas ela mandar no lava-rapido pq tinha roubado a chave que foi a cereja do bolo!!!
    n18 vai acabar saindo eu acho…mas vai ser importante até lá…com ctz essa coisa da religião dele seria bem explorada e sempre renderia boas piadas na mão do House!!!(esse não li nos spoilers se fica ou não então to chutando)
    n6 ou 9 foi o melhor do episódio, como já conhecia o ator sabia que ficava (acho que li em algum lugar sobre ele e a n13) então quando ele volta com o numero trocado e mesmo assim o House manda embora falei “lá vem o bom palpite/solução” dito e feito…
    ele queimando a maluca pra salvar a vida dela foi mto boa!
    as gemeas (não lembro os numeros) foram legais tb, não vão ficar em definitivo, mas foi bom não sairem agora pq podem render mais boas piadas!!!elas debatendo entre si foi demais!

  2. Eu adorei esse episódio. Esses que você citou realmente são os melhores candidatos. Quanto as pupilos antigos, acho que eu sentia por eles o mesmo que o House, os achava chatos demais, mas gostava deles e agora que eles se foram ficou meio que um vazio.

  3. Adorei O Wilson confundindo o House, muito bom. Só achei uma coisa ruim, a paciente da semana pouco chamou minha atenção, nem me importei muito com o sonho dela e a possibilidade dela não conseguir alcançá-lo, mas mesmo assim amei esse episódio.

  4. Excelente episódio realmente. Achei sensacional usarem as “visões” de House para ilustrar que apesar do seu jeitão durão, ele se importa por não ter mais o trio para auxiliá-lo, e claro, servir de capacho para as grosserias que lhe são peculiares.

    Ótimo post

    Abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s