Heroes – 2×06: The line

heroes-206.jpg

Spoilers abaixo:

Uau. Posso resumir esse episódio em uma palavra. Não pela qualidade e sim pelo espanto e a sensação de tempo perdido que senti depois de assistir uma série que outrora já me deixou de queixo caído.

Peter sem memória na Irlanda, Hiro no Japão feudal, Maya chorando a lagrima do capeta que depois tem seu efeito revertido por Alejandro, Sylar sem poder, Claire passando drama na escola…Heroes se tornou um déjà vu gigante que já dura cinco episódios, e toda aquela energia que Kristen Bell trouxe semana passada foi perdido durante esses 41min maçantes.

Dos novos personagens a historia de Mônica é a mais interessante, mas infelizmente ela é má aproveitada. Será que nenhum dos produtores assistiu Matrix? Bota essa menina para ver uma maratona de filmes de kung fu que com certeza agradaria muito mais do que ver ela pulando corda e brincando de Daiane dos Santos. Bom, talvez depois dela ter recebido aquele ipod mágico que contém TODAS as habilidades do mundo agente tenha sorte e comece a ver um pouco de ação.

Ando está muito inútil nessa temporada. Ele só fica lendo as histórias de Hiro, e de como ele arriscou o continuum espaço-tempo para ganhar um bicoca de sua amada (que finalmente se mostrou uma moça muito sagaz e percebeu que o Kensei que a salvou tinha olhinho puxado) e todas as peripécias e desencontros amorosos que ele vem passando do passado.

Bennet confrontando seu mentor em Odessa (Ucrânia não Texas) foi um dos pontos que tentou salvar o episódio. Ele vai fazer de tudo para proteger sua família e derrubar a Companhia, e bancar o capitão Nascimento não vai ser problema nenhum.

O finalzinho do episódio mostra algo legal, mas não me pareceu muito original. Agente já não viu alguém viajar sem querer para o futuro e descobrir um New York pós-apocaliptica na temporada passada? Como eu disse antes, déjà vu.

Anúncios

9 comentários sobre “Heroes – 2×06: The line

  1. Opa valeu Leoff isso que da escrever de madrugada, ja arrumei la!!
    Valeu Denis fiquei meio frustrado com esse epi e tentei dar uma amenizada na minha raiva canalizando pro humor!!
    Abraço

  2. Ótimo texto. Terminei de ver agora o episódio e é inacreditável a porcaria que isso se transformou. Quer dizer, já era ruim antes, agora está quase inassistível. Maldita hora que a Kristen Bell foi entrar na série. Já era pra mim ter parado de ver isso faz tempo.

  3. Não sei exatamente o que os redatores/direção e etc tem em mente… se eles tem noção que estão fazendo uma enorme e fedida besteira com a série. Alias, eu acho que eles tem sim por causa da audiencia americana q vem caindo. Eu acho q tem como eles reverterem e passar a ser no minimo uma série interessante pq se continaur assim daqui a pouco vai estar pau-a-pau com Caminhos do Coração da Record hehehe Tá peguei pesado… foi mal :-)

    Monica tem potencial e o Noah de volta ao campo é sempre bom… vamos ver o que eles vao arrumar com o tal de ADAM, mas tenho medo.

  4. Esperava mais dessa temporada! Adorei a primeira, e agora nessa temporada desiludi totalmente sobre Heroes… parece que não vai acontecer mais nada interessante. E, realmente, tantos personagens num “marasmo tediante”.

  5. poh o Ando pra mim é o único que ainda salva o núcleo do Hiro sempre fazendo uma piadinha ou aquelas caretas que me fazem rir…mas realmente Heroes se perdeu, os personanges continuam sem graça e rasos (salvo o Noah e o Nathan que desde a primeira temporada são os únicos que prestam) quando eu achei que o Micah ia melhorar (contando logo pra Monica e usando os poderes indiscriminadamente) o mlk sumiu…a Monica tb mto mal explorada, poderia se tornar uma das principais e partir pro pau mas é uma das únicas tramas interessantes mas ainda estão enrolando mto…
    o Peter, que deveria ser o protagonista, continua sem graça e tonto…essa coisa da amnesia (provocada pelo Haitiano?) fui uma das piores saidas de Heroes…
    e essa mudança de personalidade do Kensei foi ridicula, como alguém comentou em outro blog, ele era um cara pateta, fanfarrão, mas nunca um traidor…acho que o maximo que ele poderia fazer pela ‘traição’ do Hiro era dar umas bofetadas nele e seguir o caminho dele na história…afinal ele é ‘imortal’ e com ctz ainda conseguiria mto sucesso, mulher e bebida (coisas que parece que ele gosta mto) perderia a amada dele mais paciencia…mas agora do nada trair todo mundo?bizarro…
    e o Kring foi fazer o que não sabe, querer enfiar um monte de personagem, agora não sabe como resolver, tanto que ele percebeu que não sabe fazer isso e agora resolveu matar personagens (e ainda fica anunciando pra ver se salva a audiencia)
    mas Heroes que já era fraca pra mim conseguiu estar ainda pior…
    a trama dos latinos horrives, os personagens aparecendo sem nenhuma trama aparente pura e simplesmente por aparecer (Micah, Nikki e Ando por exemplo) Ando e Hiro que eram o alivio comido se perderam e a tempos que a série não faz eu dar uma gargalhada (salvo em algumas cenas com o Ando que só tem essa utilidade mesmo no momento)
    a Claire que era um personagem legal e tinha toda aquela trama da adoção e dos problemas familiares, se perdeu e agora está mentindo com o pai mesmo ele implorando e demonstrando claramente que ela pode ter problemas (que diabos ela sempre enfrentou o pai pq não contou logo do namorado?)
    Sylar que pra mim era sem graça, mas tinha uma trama legal, agora está AINDA mais idiota e a trama é péssima!
    só salva a Bell mesmo que entrou mto bem, mas pelo visto só ela pra tentar melhorar mesmo o núcleo do Peter!
    a única coisa que melhorou é que eles estão tentando abordar alguns temas polemicos…mas realmente ainda não conseguem mergulhar de cabeça (como faz The 4400 por exemplo)
    ah e pelo amor de Deus o que foi o Sylar contando o que ia fazer pro cara que não entende…será que aquilo foi só pro telespectador entender…mas poh já estava OBVIO aquilo…então PRA QUE DIABOS AQUELA CENA???será que Heroes é tão ruim que eles pensam que o telespectador não tem capacidade de entender e ficam contando o obvio?
    ah a do Eric foi a melhor “Quer dizer, já era ruim antes, agora está quase inassistível” falou TUDO

  6. Respeito a opinião de todos, e gostaria de deixar aqui a minha. Heroes, desde do início se mostrou uma série baseada nos heróis queridos dos quadrinhos… será que esta temporada está tão ruim assim? Com o sexto episódio ficou claro o porquê das narrativas no japão feudal, temos muita coisa pela frente… não dá pra ficar metendo o pau antes das coisas se desenrolarem. Salvar o mundo de novo? O que que tem demais… é isso mesmo que os heróis fazem, pra isso que eles existem e isso que queremos ver…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s