Comédias da Semana, parte II

californication1.jpg

Se redimindo a primeira parte da coluna, nessa segunda tivemos ótimos episódios. Desta vez comentaremos os capítulos da semana de How I Met Your Mother, Californication e Samantha Who?. O destaque é, sem dúvidas, para a ótima season finale da série que é, considerada por muitos, o fenômeno do ano.

Spoilers Abaixo:

howimetyourmother306-caphavi_000662828.jpg

A instabilidade em How I Met Your Mother continua. Depois do genial episódio da semana passada, How I Met Everyone Else, essa semana a série não manteve o alto nível. Alias, poucas vezes, como essa, dei apenas sorrisos vendo Mother e não risadas.

Barney descobre que um cara está usando o nome Ted Mosby como codinome em produções eróticas, deixando o verdadeiro Ted com a pulga atrás da orelha a respeito da identidade do sujeito. Enquanto tenta procurarem o sujeito, que está na cidade, Marshal se vê em um dilema: trabalhar no emprego dos seus sonhos, mas com uma renda salarial baixa ou se deixar corromper pelo alto salário de uma empresa que vai de encontro em tudo que ele acredita.

Não que o episódio tenha sido tão ruim. A qualidade dos roteiros e as atuações foram ótimas. Porém, foi um episódio apenas simples, totalmente esquecível. E esse é meu medo, pois numa temporada onde How I Met Your Mother corre sérios risco de cancelamento, episódios simples demais podem afastar o telespectador resultando num sofrível cancelamento. Espero que isso não se concretize.

How I Met Your Mother – 3×06 – I’m Not That Guy – 8 (MVP: Jason Segel)

californications01e12hdtvxvid-notvavi_001627167.jpg

Disse semana passada no meu outro post que estava torcendo para não estragarem esse ótimo momento que o show atravessa. Parece que eles próprios tinham consciência disso e entregaram uma season finale redondinha.

Mesmo com seus altos e baixos, Californication encerra uma temporada sólida. É indiscutivelmente a série sensação do ano. O que Dexter representou para 2006, a série de David Duchovny representará para 2007. Foi a mais criativa, a mais polêmica, a mais amada e odiada. Californication é mais uma preciosidade que o, até então, pequeno Showtime mostrou ao mundo. Também foi em 2007 que o canal mostrou que também pode oferecer uma programação de qualidade e conseqüentemente passou a ser a emissora mais comentada. HBO? Esquece.

Mesmo que o episódio tenha se passado o tempo todo no casamento da Karen, absolutamente nada o fez menos importante. E bom. Desde o episódio piloto já era visível que o Hank ainda amava a ex-esposa. Mas como disse, até o nono episódio, soava apenas como falas prontas do personagem. Ele não me convencia se realmente a amava ou estava apenas brincando com seus sentimentos.

Todos olhavam para a season finale como uma possível redenção de ambas as partes. A sinceridade de Hank dizendo que não atrapalharia o casamento de Karen, por mais que ela não demonstrasse, a fez perceber que realmente o estava “perdendo” (e seria um clichê vagabundo se ele interrompesse o casório). Ele, que não é nada bobo, usa de uma nostalgia deliciosa fazendo ela (e nós também) viajar pelas suas memórias. Foi naquela dança que ele a ganhou outra vez. E agora ele nem será bobo de perdê-la.

Assisti o episódio todo apreensível, pois mesmo sabendo que a reconciliação com Karen era possível, também tinha consciência que o episódio poderia nos levar a qualquer lugar. Nada estava 100% definido. Se a série terminasse de vez (caso não tivesse uma outra temporada) no momento em que pai e filha estão sentado no carro, ficaria extremamente feliz, pois cumpriu muito bem seu papel de nos entreter com ótimos scripts e uma atuação magistral do Duchovny.

The Last Waltz poderia servir perfeitamente como séries finale com aquele final novelesco. O bad guy terminou com a mocinha, a weird daughter arrumou um namoradinho e o ugly man fez as pazes com a esposa. Ansioso para a próxima temporada.

Californication – 1×12 – The Last Waltz – 9 [Season Finale] (MVP: David Duchovny)

samanthawhos01e03hdtvxvid-xoravi_000682556.jpg

Depois de um ótimo piloto, é visível que Samantha Who? perdeu o brilho (a foto em preto e branco não tem nada a ver, hehehe). As tentativas de Samantha em provar que mudou completamente estão soando forçadas demais. O roteiro é bastante falho. Que a Applegate tem um excelente timing para comédia, isso não é nenhuma novidade. Em Samantha Who? vemos mais um daqueles casos onde a protagonista carrega a série sobre os ombros.

A produção, contudo, é caprichada. A fotografia é ótima, a edição é um dos trunfos do show e os diretores dão aqueles closes perfeitos para realçar ainda mais a beleza da protagonista. A qualidade técnica do show é incrível. Entretanto, apenas isso não basta.

Em The Wedding ela tenta uma reconciliação com uma grande amiga, que a “antiga” Samantha não foi, digamos, boazinha antes do acidente. Essa obsessão de Samantha em querer mudar a sua imagem ficará saturada muito mais rápido que imaginei. Foram três episódios exibidos e já vi que a serie não acrescentará nada além do que já vimos. Mas o problema nem é exclusivamente esse. Eu não consigui rir de jeito maneira com esses dois últimos episódios. Nada funcionou. A personagem vai continuar tentando mudar a opinião alheia, hora ou outra reconquistará o ex-namorado que, pelo visto, adorou a nova Samantha e sempre que puderem os coadjuvantes vão surpreender.

Vou continuar assistindo até não aguentar mais.

Samantha Who? – 1×03 – The Wedding – 7,5 (MVP: Christina Applegate, Melissa McCarthy)

Anúncios

9 comentários sobre “Comédias da Semana, parte II

  1. Concordo com oq vc falou sobre Californication ter representado para 07 a mesma coisa que Dexter foi para 06!!
    Lembra que eu te falei sobre a minha teoria sobre o season finale? Entao, eu acho que o episodio começou com um sonho e terminou com um sonho! Acho que a proxima temporada começa com Hank acordando com alguma mulher que ele conheceu no casamento e a cena noiva em fuga foi tudo sonho!! hehehehe pode ser viagem forte, mas eu estou com um bom pressentimento sobre essa teoria.

  2. Poutz…será?? Hhuauhauh! Muito pretencioso você, não? Nem cheguei a pensar nessa possibilidade. Não creio que eles iam brincar conosco dessa maneira. Mas se for verdade, tiro o chapeu pela ousadia!

  3. Também adorei o final de Californication, mas fiquei com a sensação de que era o final da série, não da temporada.
    Estou curiosa para saber o que se vai passar na próxima temporada. ;)

  4. How I Met Your Mother tá realmente bastante instável, mesmo assim, não posso imaginar o cancelamento da série, ela é sem dúvida alguma uma das melhores da atualidade!
    Samantha Who? tá cansando mesmo, espero que melhore! =PP

  5. Não achei o final de Californication muito bom, faltou criatividade e a última cena, real ou um sonho do Hank, foi ridícula. Aliás, se tiver sido mesmo um sonho do Hank, terá sido um péssimo e desnecessário uso de gimmick.

    Tomara que na próxima temporada a Becca seja matriculada num colégio interno bem longe em compensação por esse episódio.

  6. Essa 1a. temporada de Californication foi muito irregular – tem ainda muito feijão prá comer. Por isso não topo a comparação com Dexter, que desde o início é primorosa e coerente. A minha teoria é de que toda a série é um livro de Hank, porque acontece tanta coisa impossível de ocorrer na vida real. Ser flagrado em 2 transas não ortodoxas (já foi difícil de engolir na 1a. vez) pela Karen e ainda ser amado por ela é dose prá leão. A única história possível é o roubo do livro por Mia, e que ele acabou cedendo tão facilmente – por muito menos Hank sai do sério.
    O que salva a série é COM CERTEZA o sex appeal de DD, que luta incessantemente prá se livrar da sombra de Mulder. Mas até agora as fantasias de Mulder são mais prováveis que as de Hank.

  7. How I Met Your Mother eu não vejo
    Samantha Who? to pensando em ver…mas ainda não vi, mas pelo texto me lembrou um “My Name Is Earl” só que ao inves do Karma e a amnésia que faz ela querer mudar…talvez de uma conferida…
    Californication eu queria realmente que acabasse ali, não vejo uma nova temporada com o Hank junto com a Karen…acho que vai perder MTO da graça e do drama…mas a forma que eles fecharam foi demais…no fundo acho que preferia que ela não ficasse com ela…a moral ia ser mais legal e uma nova temporada mostrando ele tendo um novo relacionamento e tals esquecendo ela aos poucos seria mais interessante do que ele com ela…realmente não vejo como a série vai funcionar, mas acho os roteiros tão bons que não vou ser idiota de criticar com antecedencia…vou apenas esperar pra ver!!!
    e pra mim Damages foi a melhor da temporada até agora…aquela finale ainda não sai da minha cabeça!!!e Glen Close é “o” cara hehehe
    ps “Acho que a proxima temporada começa com Hank acordando com alguma mulher que ele conheceu no casamento e a cena noiva em fuga foi tudo sonho!! hehehehe pode ser viagem forte, mas eu estou com um bom pressentimento sobre essa teoria.”

    tb imaginei isso…ou ele vai acordar no carro tipo a Beca sacudindo ele pra não bater o carro (bem na saida da festa) ou mesmo dentro da festa…tipo ele entrou no carro e durmiu e ela vai chegar e falar pra ir embora…ou qq coisa do tipo!vamos esperar pra ver

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s