The Office – 4×06: Branch Wars

the-office.jpg

Será que alguém sentiria falta de Stanley se ele realmente fosse embora? A verdade é que os personagens secundários de The Office são como o dedo mindinho do pé, pode até parecer inútil, mas se for cortado vai fazer muita falta.

Spoilers abaixo:

Mais um excelente episódio de uma das melhores comédias da atualidade, e se juntarmos essa constante como as boas atuações, os textos nota 10 e uma direção primordial fica fácil de entender o sucesso da série que já tem um spin-off programado para ser lançado na próxima temporada.

Nunca me canso de ver as atuações de Steve Carell que fazem a gente ter vergonha por ele mesmo. Ele sem dúvida é a alma do programa que ainda conta com ótimos atores.

As cenas em que Jim teve que bancar uma de “pai” para Michael e Dwight tentando convencer eles a não explodirem nada ou não atacar ninguém nos olhos foram de chorar de rir.

E o clubinho das coisas chiques de Pam, Toby e Oscar? Segundo Oscar, fora dormir com homens essa é a coisa mais gay na vida dele, e só esse tom inteligente de mockumentary (documentário falso) que a série proporciona faz com que um fala dessa seja engraçada e nada ofensiva. Aliás, a preocupação que os roteiristas têm em nos lembrar de que estamos assistindo a um mockumentary é tão forte que eu acredito que Jim perdeu a amizade com o cinegrafista que fez Karen encontrar ele dentro do carro.

Devo dizer que prefiro muito mais os episódios de meia hora do que os de uma hora que aconteceram no começo da temporada. Tudo fica mais ágil e com gostinho de quero mais. Olha quanta coisa aconteceu, por exemplo, nesse episódio.

E coidata da Karen se tentar roubar mais alguém de Scranton, Michael e Dwight vão tacar fogo em tudo.

Anúncios

4 comentários sobre “The Office – 4×06: Branch Wars

  1. Muito bom o episódio, ainda prefiro os episódios de 45 minutos porque dão mais tempo para os roteiristas poderem se aprofundar nos personagens e nas maluquices que já estamos acostumados (estamos?), mas este episódio realmente foi muito bom, conseguindo se livrar dos limites que o curto tempo impõe, tendo quase todos os personagens sua importância no episodio.
    Fico aqui com a frase mais surreal do episódio :Mo’ money, mo’problems Stanley, you of all people should know better.Nem Bill Cosby ficaria imune a essa !

  2. Acabei de ver o episódio e achei incrívelmente fodão. Conseguiu ser melhor que o episódio passado. Vai rir lá longe, viu! Não poderia dar outra nota a não ser 10!

    “E coidata da Karen se tentar roubar mais alguém de Scranton, Michael e Dwight vão tacar fogo em tudo.”

    HAHAHAHAHA

  3. eu ADORO o Stanley, sempre reclamo que ele perdeu espaço pra outros coadjuvantes (até mesmo o Creed tem aparecido mais que ele)
    mas acho que esse episódio recuperou um pouco a personagem que estava esquecida
    Stanley é pra mim um dos caras mais engraçados com aquele jeitão dele de nunca dar trela pro Michael!!!
    só uma correção se me permite, o correto é ‘a gente’ ‘agente’ é um causador, um administrador, um espião, um delegado, um policial…enfim
    e realmente coitada da Karen!!!hehehe espero que ela volte pra série tipo o Ryan que mesmo fora do escritório tem aparecido bastante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s