House – 4×06: Whatever It Takes

House 4×06

Foi o melhor episódio da temporada? Não. Foi o pior? Não. Porém ele foi o mais divertido até agora, acho que fiquei rindo ou com um sorriso no rosto durante toda a primeira metade do episódio. O que posso dizer é que para mim foi mais um ótimo episódio de House.

Spoilers abaixo:

A abertura foi ótima mostrando uma corrida de arrancadas, os Dragnets, com um piloto no melhor estilo Danica Patrick. Ela ganha a corrida e na hora da entrevista cai dura no chão. Vai aos cuidados de House, porém o doutor recebe uma missão prioritária, ajudar a CIA com um caso sigiloso. Então cabe ao Foreman liderar a equipe e salvar a garota.

A chegada do cara da CIA entrando na sala como se tivesse acesso irrestrito a tudo e o House achando que era uma pegadinha, que o cara era um stripper contratado por alguém como o Wilson, isso foi hilário e eu só fiquei dando risada de tudo. O melhor foi o doutor checando em cima das portas para ver se não tinha nada e sua surpresa ao ver o helicóptero e constatar que tudo era verdade. Mas para completar todos achavam que era apenas uma desculpa esfarrapada para ele faltar do trabalho.

Além de tudo isso, que para mim foi extremamente divertido, ainda teve a chegada dele no quartel da CIA, falando que não iria fazer autópsias de ET’s, as referências de X-Files até Gilligan’s Island. Ele falando que parecia muito mais legal em 24 Horas, até ver a doutora. Porém a minha parte preferida é no começo dentro do helicóptero, quando toca o celular do doutor e o agente fala que ele tinha dito que havia deixado no hospital, então House diz que tinha mentido e a conversa continua assim:

Agente da CIA: “Eu não ia pegá-lo, só iria pedir para desligar para a decolagem.”
House: “Eu sei, só queria ver se poderia dizer se eu estava mentindo. Informação útil.”

House e outro importante médico começam a cuidar do caso, sem acesso a muitas informações importantes ou por não tê-las mesmo ou por serem secretas. O doutor age como sempre faz, dando em cima da médica e tratando o paciente como trata todos os seus, dormindo na cama ao lado, comendo a comida deles e etc. No final House acerta a doença do cara, faz o outro médico quase pirar, faz a médica ir trabalhar pra ele e rola até uma “Castanha do Pará” com um português invejável e muito engraçado de Laurie.

Já no hospital temos um Foreman querendo ser o dono da verdade, ainda achando que House é um bicho papão e a Cameron se envolvendo onde não é chamada, na verdade fica melhor: onde ela não deveria se meter.

Perdidos em meio a um Foreman egocêntrico e não admitindo nada além do que acha, a bitch nº 24 liga sem parar para o doutor, House olha para o celular e no visor verifica “Cutthroat bitch”, sem tempo para perder, desliga para não atender mais chamadas dela.

Enquanto isso no hospital, Foreman vai fazendo burrada atrás de burrada, a paciente fica louca e vai pra cima dele. É claro que irritou a atitude dela, mas eu só pensei que se o House estivesse lá ela não iria tão longe com aquilo, faltou atitude e confiança em Foreman, sua insegurança com relação aos erros que estavam cometendo era evidente.

Os candidatos por outro lado tinham suas próprias teorias e queriam as por em prática, ainda mais por o Foreman não saber exatamente o que há de errado com a garota, mas eles eram cortados o quanto podiam pelo antigo pupilo. Não sabem o que há de errado com ela e o antigo candidato sumido, que começou a aparecer nos últimos episódios, surge com uma idéia maluca, porém que se encaixa com os sintomas: Poliomielite.

Ele droga a paciente depois para forjar os sintomas e os resultados dos testes e provar que ela tem pólio. Usaria um tratamento experimental a base de vitamina C para a “curar”, tratamento esse interrompido nos anos 50. Ele queria usar ela para conseguir que retomassem a busca pela cura da doença. Idéia maluca até para os padrões do House. Ele é a pessoa quem vai embora ao fim do episódio.

E a Cuddy? Apareceu pouco, porém estava meio maluca. Ela achando que o House tinha fugido, que ele ir para a CIA era uma desculpa fajuta e mesmo assim o doutor consegue enganá-la, mas não totalmente, não da pra vencer todas, apesar de no final tentar em vão aprontar para cima do Wilson. Vamos dizer que o House estava on fire, imbatível no episódio.

4×06 – Whatever It Takes – 9 (MVP:Hugh Laurie)

12 comentários sobre “House – 4×06: Whatever It Takes

  1. Na verdade não esqueci, só não comentei isso. Sobre o carnaval, não sei como ele é em certas regiões no Brasil, como na Norte, no caso. Pra mim ele não existe. E sobre a “Carla Perez”, bom, isso é o que não falta por aqui.

  2. FINALMENTE!! Um episódio bem legal – tá longe de ser perfeito, mas tem qualidade. E sabe cumé? Nóis somo exigente, né? Gostei dos casos, gostei das “cantadas”, e principalmente do crédito que o House deu pro Foreman, apesar de alguns erros porque tava sendo sabotado. Valeu a temporada. Não sei até quando, mas depois de tanto encher o saco do cara, ele finalmente reconheceu a competência do ex-pupilo. Diversão pura. E quanto à nova médica … espero que além de linda ela seja “aquela” que a 2 temporadas eu espero que aconteça – alguém por quem o House se apaixone, ou pelo menos, tire ele do sério. Vai ser hilário.

  3. Silvia, sabe que eu gostei muito do elogio do House para o Foreman, mas eu acho que ele sempre pensou isso, só que falou isso numa hora que os candidatos e o Foreman esperavam outra postura dele. Ele tenta sempre surpreender de alguma forma, atingir no ponto certo as pessoas.

    E não acho que ele vai se envolver com ela, foi só uma paquera normal dele com ela.

    E Ednilson, pode ser um exagero, algo que não acontece e etc. Mas interferiu no episódio? Pra mim não. Não era algo vital nem nada, não me ofendeu. Pra mim não é nada de mais. Gostei mais dele falando pro agente que aqui falava outra lingua do que na bolivia e etc. Errou umas coisinhas e acertour em outras. Nada de mais.

  4. O Foreman sendo desrespeitado por todos foi o melhor do episódio. Tá certo que ali no fim a casa virou (só com a chegada do House, vale ressaltar), mas durante todo o episódio a auto-estima dele foi amassada, jogada no chão, pisoteada e defecada; isso serviu pra mostrar que, por mais que comparações ocorram, ele não é o House. Ponto.

    Mais uma doutora? Ótimo, mais uma gostosa no staff, legal, maravilha.
    Mas haja dinheiro pra empregar todo mundo hein. Quero dizer, to cada vez mais acreditando que aquela pré-lista com os 3 que iam passar na seleção é falsa, podendo até mesmo ter sido criada pela própria produção do programa.

  5. Eu achei fraco por causa dos pacientes, dos casos chatos. Mas o House tava ótimo mesmo, ri muito durante o episódio.

    Mas comparando com os outros dessa temporada, fica um nível abaixo.

  6. Anderson… eu não disse que isso interferiu no episódio. Mas foi estranho House concluir que o agente estava no Brasil através do Carnaval de 40 dias. Até aonde eu sei, em nenhuma região é assim; talvez os produtores tenham se confundido com a Quaresma ou algo assim…
    Mas mesmo pelo “detalhe irrelevante”, valeu pelo “castanha do Pará” de Hugh Laurie.
    Flw

  7. Entendi seu lado melhor agora, Edinilson. É que como só tinha comentado isso, pensei que tinha achado imnportante. E sim, o ele ter o insight pelos dias diferentes do Carnaval de um país para o outor foi estranho mesmo.

  8. Blz, eu notei que realmente o meu 1o post não dizia nada… estava mto vago. Agora vamos a um “detalhe relevante”… vc colocou um ‘i’ a mais no meu nome no último post. xD
    Flw… sucesso…

  9. CORREÇÃO:

    A-D-O-R-O House, mas “dança do diabo de embaixadora sulamericana” foi foda!!

    Só quando cair uma bomba H nos EUA é que eles vão aprender que o re(s)to do mundo existe… Tenham a santa paciência!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s