Brasil não leva nada no Emmy Internacional

17_hg.jpg

Não foi dessa vez que vimos uma produção brasileira sair vitoriosa da premiação mais importante da TV. O 35th Annual International Emmy Awards realizado ontem na cidade de Nova York foi marcado, mais uma vez, pela superioridade britânica, que vem se tornando nos últimos anos o adversário a ser batido. Com produções cada vez mais ousadas e caprichadas, eles mostram que são capazes sim de produzir programas com qualidade semelhante ou até mesmo superior que a americana, que é o modelo mundial.

A Inglaterra, que teve 8 indicações, foi a grande vitoriosa e colocou a mão em 6 prêmios: Melhor Programa de Artes, Melhor Produção Cômica, Melhor Documentário, Melhor Produção Dramática, Melhor Telefilme ou Minisérie e Melhor Programa sem Roteiro. A Holanda levou para casa o prêmio de Melhor Ator, a França de Melhor Atriz e a Polônia de Melhor Programa Infantil.

O Brasil este ano concorria em sete categorias: Melhor Programa de Artes, com “Elis Regina Special: Por Toda Minha Vida”; Melhor Performance para um Ator, com “Lázaro Ramos por Cobras & Lagartos“; Melhor Performance para uma Atriz, com “Lília Cabral por Páginas da Vida“; Melhor Produção Infantil, com “O Menino Maluquinho”; Melhor Produção Cômica, com “Os Amadores”; Melhor Produção Dramática, com “Mothern” e Melhor Telefilme ou Minissérie, com “Antonia”.

Abaixo os vencedores (em vermelho) :

MELHOR PROGRAMA DE ARTES
Elis Regina Special: Por Toda Minha Vida – Brasil
False Waltz – Holanda
Simon Schama’s Power of Art: Bernini – Reino Unido
Smile – Japão

MELHOR PERFORMANCE PARA UM ATOR
Pierre Bokma – The Chosen One – Holanda
Jim Broadbent – The Street – Reino Unido
Guo Jia Ming – My Own Private Deutschland – China
Lázaro Ramos – Cobras & Lagartos- Brasil
Bobby AuYeung Chun Wah – Dicey Business – Hong Kong, China

MELHOR PERFORMANCE PARA UMA ATRIZ
Lília Cabral – Páginas da Vida – Brasil
Brenda Ngxoli – Home Affairs – África do Sul
Muriel Robin – Marie Besnard – The Poisoner – França
Victoria Wood – Housewife 49 – Reino Unido

MELHOR PROGRAMA INFANTIL E/OU PARA JOVENS
The Arena – Cingapura
The Magic Tree – Polônia
Mortified – Austrália
O Menino Maluquinho – Brasil

MELHOR PRODUÇÃO CÔMICA
Alle lieben Jimmy (Everybody Loves Jimmy) – Alemanha
Os Amadores – Brasil
Little Britain Abroad – Reino Unido
NEO – Office Chuckles – Japão
Sorted – África do Sul

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Dinosaurs vs. Mammals – Secrets of Mammalian Survival – Japão
In God’s Hands – Colômbia
Smiling in a War Zone – Dinamarca
Stephen Fry – The Secret Life of the Manic Depressive – Reino Unido

MELHOR PRODUÇÃO DRAMÁTICA
Home Affairs – África do Sul
The Killing – Dinamarca
Mothern – Brasil
The Street – Reino Unido

MELHOR PROGRAMA SEM ROTEIRO
CQC Argentina – Argentina
How Do You Solve A Problem Like Maria? – Reino Unido
The Prison Choir – Espanha
Takeshi Kitano presents Comaneci University Mathematics – Japão

MELHOR TELEFILME OU MINISSÉRIE
Antonia – Brasil
Death of a President – Reino Unido
Toy Train – China
The Wall (Die Mauer – Berlin ‘61) – Alemanha

Fonte dos Indicados: TeleSéries

Anúncios

2 comentários sobre “Brasil não leva nada no Emmy Internacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s