Prison Break – 3×12: Hell or High Water

pb.jpg

Logo nos primeiros minutos do episódio, a fuga de Sona estava tão emocionante que eu tinha certeza que estava prestes a assistir o melhor episódio da temporada, mas da metade para o final e depois de analisar melhor o início, acabei chegando à conclusão de que todas aquelas situações de sorte, azar e coincidências foram muito exageradas.

Spoilers Abaixo:

Foi muito legal ver que Michael tinha um plano guardado na manga. A história dos trinta segundos sem luz era só para se livrar de Lechero, T-Bag e Bellick, na verdade ele planejava fugir durante a contagem dos presos. Embora não tivesse como ele planejar o posicionamento exato dos jipes militares para poder usá-los como cobertura de fuga, foi muito legal e angustiante essa seqüência inicial. Trilha sonora, fotografia e a correria na selva foi muito boa até o momento que os fugitivos mergulham no mar com aquela bela tomada aérea, mas depois disso as “coincidências” estragaram um pouco o episódio.

Espero que aconteça alguma coisa muito importante com Sucre. Por enquanto todo aquele tempo perdido dentro do quartel general de Sona foi totalmente desnecessário. Se o objetivo da trama era criar algum tipo de expectativa com o destino incerto dos fugitivos que estavam na bóia esperando o barco, pelo menos para mim não valeu em nada depois que o papa de McGrady apareceu do nada com o barco. “Sabia que vocês estavam vindo do sudoeste e resolvi arriscar.” Pelo amor, que bela arriscada, não? Sem Falar na distância absurda que eles nadaram ambaixo da água.

Às vezes me esqueço que Mahone era “do mal” na temporada anterior. Quando eles estavam na praia eu não estava entendo o motivo das patadas de Lincoln pra cima de dele, e só depois quando eles estavam no galpão e Lincoln estava prestes a matar Mahone para vingar o pai, que eu fui lembrar-me de toda aquela história de corpo enterrado no jardim da casa e todos os fugitivos de Fox River que Mahone matou.

Whistler que foi um cara muito liso. Depois de fingir que tinha torcido o pé, na primeira oportunidade que teve, fugiu de Michael e Lincoln e ainda deu a deixa para Mahone seguir o caminho dele. Será que Whistler vai tentar recuperar o livro? Como os irmãos vão fazer quando Susan B. chegar com LJ e não tiverem ninguém para dar em troca?

Uma cena engraçada que vale a pena lembrar foi a caixa de som na cabana com a gravação dos tiros. “Aprendeu essa no Esqueceram de Mim?” “Você bem que caiu, sua vadia”

Bellick está tão patético que eu realmente não me importo nem um pouco que ele apanhe até morrer lá em Sona. Lechero é outro que não vai fazer a mínima falta. Já T-Bag além de ser um personagem bacana, agora está em poder do livro de Whistler. Com certeza ele ainda vai ter alguma importância para a trama.

Semana que vem será o último episódio gravado antes da greve e muito possivelmente o último episódio da temporada. Eu, como fã gostaria de ver no máximo mais uns 12 episódios ainda nessa terceira temporada para concluir não só a saga de Sona, mas como toda série. Vai me dizer que mesmo os mais fanáticos por Prison Break querem ver uma quarta temporada de fuga como foi a segunda?

5 comentários sobre “Prison Break – 3×12: Hell or High Water

  1. Am… Call me old-fashioned, but I utterly disliked this episode.

    Vamos começar do começo. Eu venho assistindo a episódios de Prison Break desde o início do início do início da primeira temporada. No primeiro segundo do primeiro episódio, lá estava eu acompanhando.

    E nesse ínterim, o Michael entrou em Fox River, saiu de lá com o irmão e uma cambada de outros caras, passou por um sem-número de maus bocados fora da prisão, viu todas as suas expectativas estraçalhadas quando a Presidente renunciou ao cargo, se apaixonou, foi parar num fim de mundo chamado SONA, começou a sentir pena do Mahone, teve que se aliar a um tal Whistler pra conseguir de volta o sobrinho (E antes, também a namorada)… E agora finalmente escapou de novo.

    Mas sim, eu estou ficando cansado de Prison Break. É uma série fantástica, com tiradas muito inteligentes… Mas chega. E uma coisa que realmente me tira do sério é quando as coisas SEMPRE DÃO ERRADO. Detesto isso. Nunca dá pra fugir em paz. Nunca dá pros caras legais da série ficarem livres. Sempre tem um jeito de pegar um, pegar outro, colocar todo mundo numa outra situação difícil… E isso irrita demais! Eu entendo que é necessário deixar o telespectador fisgado e que contratempos são a alma de uma série aventureira como Prison Break, mas… Irrita muito.

    Essa do Sucre de ficar preso no quartel foi a gota d’água. Pô, o cara dá até o sangue pra ajudar o Michael e se mete nessa? Agora, como ele vai sair de lá? Como o Michel Arouca mesmo disse, É BOM QUE O SUCRE TENHA ALGUMA COISA BEM IMPORTANTE ESPERANDO POR ELE NA TRAMA, porque… Francamente. É dose ter que ver essa meia-fuga, sempre. As coisas sempre meio que dão certo.

    Outra coisa é o Whistler. Cara… Já chega desse Whistler fujão, engenhoso-ish, com medo de ser torturado pela Gretchen. Chega, chega, chega. Não agüentamos mais esse chove-não-molha.

    Sobre o Bellick… Já está mais do que na hora de dar um fim nesse personagem. Tô farto de ver o Bellick lá com aquela cara dele de “vamos-ser-amigos-pra-eu-conseguir-obter-vantagem-em-alguma-coisa”.
    Que os guardas façam com ele o que fizeram com o Lechero, mas repetindo a dose umas trinta vezes.

    O T-Bag… Bem, o T-Bag é um dos personagens mais nojentos e, ao mesmo tempo, atrativos de toda a trama. Mas também já estamos cansados… Deixa o guarda eletrocutar o cara, ele morre de vez e pronto…

    Enfim, esse episódio começou até bem… Mas não gostei de ver o Whistler perdendo o livro… Nem muito menos fugindo. A fuga do Whistler foi o ponto mais baixo da temporada, com certeza. Não quero ver o menino lá que tá junto com o pai sendo capturado outra vez – que os roteiristas arranjem um jeito de ele passar pela guarda, ter seus documentos em SONA incinerados e viver uma vida feliz (Tipo como aconteceu com o C-Note).

  2. poh não podia o Lincon, como uma simples sugestão do MacGrady, ligar do celular pro pai dele ir buscar eles no bote dando as instruções do local???pqp viu essa do arriscar foi foda

    “Uma cena engraçada que vale a pena lembrar foi a caixa de som na cabana com a gravação dos tiros. “Aprendeu essa no Esqueceram de Mim?” “Você bem que caiu, sua vadia””

    ri mto nessa fala

    sobre a quarta temporada, ela já foi meio que ‘confirmada’ e parece que PB não volta depois desses 12 pelo que andei lendo informalmente…
    espero uma temporada pela metade ou com mais uns 15 episódios pra encerrar a trama de forma aceitavel e resolver todos os problemas…

  3. Eu acredito que aquela cabeça la na caixa naum é da sara,
    e que o michael vai encontra-la na viva
    quarta temporada!!!!!!!!!!
    eu acredito também que michael vai arma um plano pra tirar o
    sucre de sona, ja que ele foi preso por o ajudar!!!!!!!!!!!!
    Espero que o Te Beg naum morra em sona porque ele
    da um pouco de emoção nas cenas!!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s