Nip/Tuck – 5×14: Candy Richards – Season Finale

nip-514.jpg

Esse episódio foi um verdadeiro presente para os amantes de Nip/Tuck. Bizarrices, reviravoltas, humor negro, cirurgias bem feitas, ótima trilha sonora, ótimas interpretações e como de costume, uma boa tragédia para terminar a temporada.

Spoilers Abaixo:

A paciente Candy Richards deve ter sido a paciente mais engraçada da temporada. Embora a atuação da atriz Jennifer Coolidge (mais conhecida como a mãe de Stifler da franquia American Pie) seja mais ou menos igual em todos seus filmes ou séries, ela fez um ótimo trabalho interpretando uma atriz que é famosa apenas na própria cabeça. Sem dúvida o ponto alto do episódio no quesito humor.

Como já era esperado, Julia está vivinha, mas com amnésia. Pra falar a verdade, não sei se acredito nessa amnésia. To achando que Julia está fingindo que perdeu a memória a pedido de Olivia (Eden acabou contando para a mamãe que atirou na namorada dela) ou pode estar fingindo por conta própria mesmo para se proteger de mais algum ataque da ninfeta do mal, ou simplesmente para recomeçar a vida, mesmo que seja através de uma mentira.

Sean foi a única pessoa que não acreditou na história de suicídio que Eden inventou para a polícia. Por mais que Julia e Sean briguem como doidos, no final das contas parece que um foi feito para o outro mesmo. Ele pelo menos está disposto a aproveitar essa amnésia para recomeçar do zero com Julia ou pelo menos dar uma força para ela durante a recuperação.

A história de amor de Matt com sua irmã até que durou pouco, mas pelo menos acabou dando pano para mais uma bizarrice com potencial para o hall da fama. Christian levou ao extremo o famoso “canguru perneta”. Depois de tantas conquistas do Dr. Troy só estava faltando mesmo uma mulher sem as pernas. Essa foi o tipo da cena que agente fica com um pouco de peso na consciência de rir, mas não tem como não rir.

Que susto eu tomei no acidente de carro de Christian e Annie. Lógico que eu não fiquei apreensivo se um deles tinha morrido, mas mesmo assim foi um baita susto. Aliás, essa menina que faz a Annie já foi melhor, né? Aquela carinha de triste dela não me deixou nem um pouco com dó, pelo contrário, me deu raiva.

Embora Nip/Tuck estivesse programada para ter 22 episódios nessa temporada, tenho que tirar o chapéu para os produtores e roteiristas que conseguiram finalizar a quinta temporada muito bem. Deu para notar o crescimento de Cristian e Sean no finalzinho do episódio depois daquela bela bronca da Liz. “Façam aquilo que vocês fazem de melhor, melhor que qualquer outra pessoa e dane-se o resto”. Finalmente os dois enxergaram que a busca pela fama tem preços muito altos e se é para ser famoso, que seja na área que eles dominam. Cirurgias plásticas que ninguém tem coragem de fazer. Gosto muito dessa fórmula de usarem Liz como uma espécie de “grilo falante”. Ela sempre é a voz da razão.

Vou sentir falta de Hearts n’ Scalpels. Felizmente vimos à cena mais engraçada dessa série dentro da série. O paparazzi com uma câmera fotográfica enfiada na bunda por Russell Crowe foi hilariante.

Não tem como questionar que o melhor do episódio foi a cena final. Colleen esfaqueando Sean inúmeras vezes nas costas, enquanto a pobre Annie estava ali mesmo na mesa de operação foi algo surpreendendo e chocante. Lógico que eu estava esperando alguma doideira de Colleen, mas ver Sean se afogando no próprio sangue foi desnecessário para arrancar um UAU da minha boca. Eu já ia falar de qualquer jeito.

Excelente fim de temporada e infelizmente vamos ter que esperar alguns bons meses para vermos o que aconteceu com Sean. Que venha a sexta temporada.

12 comentários sobre “Nip/Tuck – 5×14: Candy Richards – Season Finale

  1. essa season finalle teve todos os elementos do início de NT lá na 1ª e 2ª temporada!!!!

    o melhor, ou pior que isso não era a season finalle, mas a season break pq teria um mini-hiatus de 1 mês e meio para depois continuar justamente do Sean esfaqueado, mas agora iremos só ter a continuação no final do ano!!!

  2. “Depois de tantas conquistas do Dr. Troy só estava faltando mesmo uma mulher sem as pernas. Essa foi o tipo da cena que agente fica com um pouco de peso na consciência de rir, mas não tem como não rir.”
    Eu nao me aguentei e acabei cuspindo coca cola na TV.

    Eu esperava mta coisa da Collen, mas AQUILO foi mto mais do que eu conseguia imaginar…

    ÓTIMA Season Finale!

  3. era obvio que a maluca do ursinho de pelúcia ia aparecer mas mesmo assim foi chocante
    e maldita greve dos roteristas que fez a temporada ficar mais curta

  4. Só consegui ver o episódio ontem…

    Não gostei muito não, ficou abaixo dos anteriores.

    A questão da julia estar fingindo foi uma ótima observação. Pior é esperar pra ver…..

  5. Finalmente soltaram as legendas e consegui assistir. Não gostei, forçado demais e com muitas questões em aberto ainda…. sinceramente, achei fraquíssimo e forçado. E ainda ficam as perguntas: PARA ONDE DIABOS FORAM PARAR O WILBOR E O CONNOR???? Meu deus, estas crianças foram raptadas por E.T.s????

  6. Marcos – “Esse episódio foi um verdadeiro presente para os amantes de Nip/Tuck. Bizarrices, reviravoltas, humor negro, cirurgias bem feitas, ótima trilha sonora, ótimas interpretações e como de costume, uma boa tragédia para terminar a temporada”

    “Embora Nip/Tuck estivesse programada para ter 22 episódios nessa temporada, tenho que tirar o chapéu para os produtores e roteiristas que conseguiram finalizar a quinta temporada muito bem.”

    “Excelente fim de temporada e infelizmente vamos ter que esperar alguns bons meses para vermos o que aconteceu com Sean. Que venha a sexta temporada.”

  7. Ridiculo, tudo acontece nessa quinta temporada parecendo um sonho ou pesadelo que vão acordar a qualquer momento, muitos erros de continuação, todo mundo entra e sai da clinica o que é isso, ridiculo, não tem um segurança ou secretaria, o Sean pede gaze e esparadrapo e a assistente vai buscar fora, não tem na hora da cirurgia, riduculo. O filho deles parece cachorro ou cadela sei lá no ciu, tudo gruda, e a familia toda uma putaria de um transa com outro so falta mesmo o Sean com Christian ou eles com o filho, porque o resto já foi. Tudo teve nessa 5 temporada, maniaco do dedo, viciados em droga, pornografia, ninfeta, vendedora de ursinho, paparazzi, lesbicas, homossexual, miche, vitima de homem bomba, Rose O’Donneal, muita plastica de graça, Christian assassino sem punição, e transa com tudo e com todos, apesar que o Sean tambem. Acho que a greve prejudicou muito a serie, muita historia sem pé nem cabeça.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s