Opinião: Extras

Seguindo o conselho dos meus colegas de blog, Eric e Michel, fui assistir a mais uma série inglesa. Dessa vez, Extras, estrelado por Ricky Gervais (criador de “The Office UK”). A primeira temporada tem apenas 6 episódios e os seus dois primeiros são bem fraquinhos, mas a partir do terceiro a série pega rítmo e dá uma engrenadinha.

Pega o Johnny Drama, de Entourage, com as piadas de Michael Scott, The Office, e tendo a Grace, de Will And Grace, como amiga. Esse é o Andy, personagem principal. O cara é um ator frustado e leva a vida como aqueles personagens que só aparecem no fundo de filmes e séries, sem nenhuma fala. Gervais faz a diferença e a sua atuação é, algumas vezes, o que salva o capítulo.

Extras conta com participações mais do que especiais como as de Ben Stiller, Les Dennis e Samuel L. Jackson, mas nem sempre consegue explorar bem esses atores, deixando a série cheia de altos, como o episódio do Les Dennis, e baixos, como o (chato) piloto que teve Ben Stiller como convidado.

Coloca em cena temas como frustração, competição, religião, sexualidade e preconceito, mas o que te ganha no fim das contas são os diálogos e a edição e se perde quando exagera em piadas físicas. A cena em que ele entra no cemitério pra tentar se livrar de um cara chato é hilária, principalmente quando ele encontra o túmulo da sua “mãe” que nasceu no meio do século 19. Em contrapeso, no mesmo episódio, ele enfia a cara na sopa no maior estilo Os Trapalhões.

A primeira temporada teve a benção de ter episódios bons e nenhum péssimo e a maldição de ter episódios ruins mas nenhum excelente. É uma série que vale a pena conferir, com certeza, você já conhece? Eu já estou baixando a segunda temporada! ^^

Anúncios

3 comentários sobre “Opinião: Extras

  1. Putz eh isso mesmo cara, uma mistura de Johnny Drama com Michael Scott!! Mandou bem!!
    Eu gostei do piloto…ver um cara tranquilo como o Ben Stiller ficar dando de escroto foi bem divertido!!
    A segunda temporada da um pau na primeira…manda bala que vc vai curtir!

  2. Assisti a primeira temporada, achei legalzinha… e só. Não entendia o motivo de tantos comentários em cima da série, que ao meu ver não tinha nada demais.

    Demorei um tempão para ter vontade de assistir a segunda temporada. E concordo com o Michel, ela simplesmente humilha a primeira. Eu cheguei a chorar de rir com algumas cenas. O mais legal da série são os atores “mitos”, completamente boçais, tentando ser mais do que são.

    Continue assistindo, e não esqueça do episódio especial de natal que encerra a série. O ritmo muda bastante, mas deixa uma mensagem interessante.

  3. caros amigos, é, no minimo, de mau gosto comparar “Extras” com “Will and Grace”. Mais vos digo, devia ser proibo, por lei, a junção da palavras “extras” com “will” ou “grace” na mesma frase :) .
    é possivel comparar uma serie inglesa, com 6 episodios por época, em que as piadas/frases são selecionadas e inteligentes, com séries, do mesmo estilo, americanas com 24 episodios por época e que já vão na centésima época?!?!?!?! mas mais vos digo, basta verem o “the Office” ingles e o americano para perceberem isso.
    Ricky Gervais e Stephen Merchant (seu colega), têm sem duvida um dom.
    Por fim queria dizer que não pretendo ofender ninguém com este post, porque afinal de contas opiniões são opiniões

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s