Audiência EUA – 10/04/08 Quinta-Feira

Parece que o Idol Gives Back fez a audiência de American Idol desabar. O programa desta quinta-feira atingiu sua pior audiência em sei lá, 3, 4, 5 anos? Eu realmente não sei por que fazia tempo que o reality não atingia estes números. Mas será que essa decadência continuará? 30 Rock voltou em baixa, mas com a mesma audiência dos episódios anteriores. Já The Office com a excelente audiência de sempre.

Top Emissoras

  1. FOX – 15,81 milhões
  2. CBS – 15,41 milhões
  3. NBC – 7,28 milhões
  4. ABC – 5,46 milhões
  5. CW – 1,94 milhões

Programas mais vistos do dia

  1. CSI (CBS) – 8×13 – 19,93 milhões (21h)
  2. American Idol (FOX) – 7×30 – 19,59 milhões (20h)
  3. Without a Trace (CBS) – 6×14 – 14,61 milhões (22h)
  4. Survivor: Micronesia (CBS) – 16×09 – 11,68 milhões (20h)
  5. Don’t Forget the Lyrics (FOX) – 10,91 milhões (21h)
  6. The Office (NBC) – 4×09 – 9,22 milhões (21h)
  7. ER (NBC) – 14×14 – 7,59 milhões (22h)
  8. My Name is Earl (NBC) – 3×16 – 6,98 milhões (20h)
  9. Scrubs (NBC) – 7×07 – 6,57 milhões (21h30)
  10. Desperate Housewives (ABC) – 6,09 milhões (21h) *
  11. Eli Stone (ABC) – 1×11 – 5,89 milhões (22h)
  12. 30 Rock (NBC) – 2×11 – 5,72 milhões (20h30)
  13. Desperate Housewives (ABC) – 4,39 milhões (20h) *
  14. Smallville (CW) – 2,32 milhões (20h) *
  15. Supernatural (CW) – 1,70 milhões (21h) *

* reprise

  • A audiência acima é baseada nos números liberados no mesmo dia da exibição (Live Plus Same Day Data). Os números oficiais podem conter pequenas diferenças.
Anúncios

30 comentários sobre “Audiência EUA – 10/04/08 Quinta-Feira

  1. Nossa, “shame on you” American Idol!! A audiência até q não é pequena, mas estamos falando de um programa q atingia 30 milhões.. o q será q está acontecendo??

    Eric, sem querer ser chato, mas a audiência de the Office não é tão excelente assim… abaixo de Survivor e quase o mesmo que uma reprise de Desperate Housewives…

  2. Eu acho bom isso. Idols ajuda a criar artistas onde o que mais importa é a voz e a aparencia, enquanto o que deveria fazer a diferença num músico é justamente a criação, composição. Lógico que há participantes que fogem a essa regra, mas no geral a fórmula de Idols favorece quem é bom de karaoke. Já basta grupos e artistas criados por gravadoras e produtores fazendo músicas enlatadas.

  3. acho q programas do genero idolos popstar e etc ja encheu o saco no mundo todo, vc fazer uma ou outra edição ta certo agora todo ano todo ano a mesma coisa mesma programacao a novidade e so mudar a temporada enche os ‘culhões” isso

  4. Mantovanid, p/ uma comédia da NBC, a audiencia de The Office tá sim muito boa, comparada a Earl, Scrubs e 30 rock.
    Já Idol, que desgraça!! Ainda não consegui pensar em algum motivo que fizesse a audiencia despencar tanto. Daqui a pouco dancing with the stars já vai tá na frente!!
    E ER é outra que tá bem mal, hein??

  5. Mantovanid, é aí que você se engana. O valor númerico da audiência de The Office é pequeno mesmo, mas você tem que analisar as entrelinhas. A série é a comédia mais vista na NBC e conseguir 9 milhões de telespectadores com a concorrência de CSI (ela conseguia 8,5/8,8 milhões com a concorrência de CSI e Grey’s) é um marco. Pode se dizer que CSI e Greys, juntas, já cancelaram dezenas de shows que a NBC que exibia no mesmo horário porque não aguentava a concorrência. Com The Office não. A série aguentou firme e forte e vem fazendo bonito. Para analisar a audiência depende de vários outros fatores e não só dos números em si.

  6. É Eric, realmente eu fui chato, não analisei friamente, vc tem razão… mas é porque eu não queria ser tão explícito quanto o Victor, pois a série pra mim tb é bem chatinha!!
    Eu fiz uma comparação mais geral tb, talvez erroneamente, pois a NBC que tinha Friends e conseguia números astronômicos, se contentar com a audiência de The Office…

  7. Mas nada disso muda o fato de que a série é chatinha :p [2]
    Boring! Boring! Boring! Boring! Boring! Boring! Boring! Boring!

    Que ri de verdade em Office? No máximo um riso amarelo.
    Muito conceito e pouca diversão.

  8. Realmente The Office não é pra qualquer um porque eh um humor muito americanizado e essa forma de filmar a série como se fosse um mockumentary não agrada os mais caretas.
    Mas a audiência e a crítica amam a série então as vezes essa galerinha de gosto duvidoso que curte The It Credo ou gosta de meter um pau vendo episódios picados ou vendo poucos episódios deveria se perguntar “What the fuck is wrong with me” e ir assistir um pouco de Malhação.

    kkkkkkkk curtiram a fúria do dragão neh?

  9. Acho que todo mundo sabe o que é hype, né?

    Pois bem, lembra quando earl estreiou? A salvação da comédia? Os orgasmos hilários de meia hora? E alguém ainda fala de Earl? Não, talvez porque encheram tanto a bola da série que os “telespectadores cult”, que sabem das coisas não acham mais tão divertido continuar em uma série mediana que chamou a atenção na estréia.

    E Weeds? A obra-prima revolucionária que foi onde uma série jamais se atreveu a ir não tem mais o blá blá blá de outrora, não?

    Simples, porque o divertido é ser alternativo, é pegar uma série que para o “público médio” não tem graça, quando na verdade a série não tem graça mesmo. Isso é ser cool, acontece desde os primórdios e sempre acontecerá, seja em séries ou nos filmes de Larry Clark.

    Ricardo e Mantovanid, que tal se começarmos a ver Ghost wisperer edizer que é a revolução do drama sobrenatural?? Ou então Carpoolers?? Imagina como seríamos cool!!

    Michel, não foi boa idéia acordar o monstro..kkkkkkkkkk

  10. Concordo com o Michel.

    O Ricardo S. me surpreendeu em dizer que The Office é chatinha. O Victor até já esperava por que ele tem um grau elevado de caretice e um puta mau gosto pra comédias. The Office é uma obra-prima e bobo de quem não reconhece.

    E Victor, qual série hoje em dia que não inicia sua carreira com um certo hype? Alias, acho que foi você que ficou sem computador mais de 1 ano, né? Na época que todos nós estavamos comentando a 3ª temporada de Weeds você estava vendo reprises de The OC dublado no SBT.

  11. Eric, uma ótima resposta exibir meu drama de recesso de séries passado para argumentar meu outro comentário =]

    Mas assim, de hype vc entende, né? Acho que uma marca registrada de QUALQUER FÃ DE BBB.

  12. Pô, Michel, eu acho The It Crowd maravilhoso e não acho que tenho gosto duvidoso (alguns podem achar que sim) e nem vou ir ver malhação.

    E tem pessoas que não gostam de The Office e não quer dizer que são caretas. Ou seriam caretas pessoas que não gostarm de 30 Rock, por exemplo?

    E será que precisa-se ver muitos episódios de Caveman para ver que é uma bomba?

  13. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. E bom saber q alguém está assistindo The Office, pq eu passo longe. O meu tipo de humor é o engraçado e esse não é caso dessa série. Desculpa, Eric e Michel, mas não dá.

    Você pode ser muito eficiente fazendo uma comédia tradicional – Old Christine e Two and Half Men- ou buscando novos formaatos e linguagens, como é o caso de 30 Rock/Entourage.

    The Office é pretensioso e entrega muito menos do q promete.

    OC dublado?! Não seja cruel Eric, kkkkkkk :)

  14. Nossa, que confusão!! Nunca tinha visto comentários tão acirrados assim… e pensar q td isso por causa de uma série de comédia que quer se levar a sério!! E o pior é que consegue… talvez seja por isso que ela seja chata… ou melhor “cool”!!
    E Victor, eu me diverto mais com os Cohen na versão dublada de OC no SBT do que The Office e olha q eu não assisti apenas alguns episódios ou episódios picados.. sobrevivi a 1ª temporada.
    Acho que devo perguntar “what’s wrong with me?”, pq dei mais risadas assistindo Six Feet Under do que The Office!!
    Talvez sejam traços da minha caretice…

  15. Ricardo, ‘seu tipo de humor é o engraçado’???? kkkkk.. só poderia ser, não é mesmo? Você não curte The Office por causa do formato, mas isso não quer dizer que a série é ruim… entende?

    Victor, apelou perdeu. Apelou perdeu…. isso se chama guilty pleasure, right?

  16. Eric, não há nenhum problema em uma série querer ser levada a sério, mas pegar uma moldagem inglesa, colocar umas piadas americanas sem graça e apostar apenas no elenco, deixou a série para lá de séria.. pior, ficou sem personalidade.
    A série em alguns momentos não convence e, às vezes, nem os atores (se bem que Steve Carrel não me convence como comediante, basta assistir “Todo Poderoso 2” e “O Virgem de Quarenta anos”)… talvez umas risadinhas enlatadas ajudassem…
    Mas gosto é gosto, eu só acho que poderia ser bem mais engraçada do que é ou do que se propõe.

  17. Realmente The Office não é pra qualquer um porque eh um humor muito americanizado e essa forma de filmar a série como se fosse um mockumentary não agrada os mais caretas.
    Mas a audiência e a crítica amam a série então as vezes essa galerinha de gosto duvidoso que curte The It Credo ou gosta de meter um pau vendo episódios picados ou vendo poucos episódios deveria se perguntar “What the fuck is wrong with me” e ir assistir um pouco de Malhação. (2)

  18. Quando dou minha opinião sobre gostar de uma série ou não, uso apenas o que me interessa, ou seja, o meu gosto, pois se algo fosse bom devido à audiência ou pela crítica, eu deveria supor que BBB’s da vida seriam os melhores programas ou admitir que o Super Bowl é o melhor programa americano, já que é o mais visto… acho que não, seria uma lógica simplista e, aí sim, careta!!
    Além disso, nem sempre o que a crítica aclama é bom, pois sabemos que muitas séries são excelentes mesmo não tendo ganho um prêmio sequer…
    E não seria bom vcs usarem este argumento para dizer que a série não é chata, pois estaria denunciando contra vcs msms: pois, se for pela audiência, The Office tem a que merece… (menos de 10 milhões)

  19. Só p/ deixar claro, eu não tenho problema at all com o estilo mockumentary da série, pelo contrário, e o pouco que eu vi da versão britânica eu gostei, então o problema não é minha caretice, e sim um remake desinteressante.

    E Eric, eu não apelei, só respondi do mesmo jeito que vc!! kkkkkkkkk

  20. Vitor vc foi incrivelmente injusto em citar Earl e Weeds, são duas séries que apesar da ‘decandencia’ continuam mto bem (pelo menos eu continuo gostando das duas, Earl realmente teve seus maus momentos essa temporada assim como Weeds (que teve menos q Earl) mas ainda tivemos ótimos episódios em ambas as séries)
    mas as duas séries tinham como ponto forte a ‘inovação’, Weeds por tratar um tema polemico e Earl por ser uma comédia inteligente q tinha um que sociologico de ‘fazer o bem’ e sempre uma liçãozinha de moral… coisa q se perde com o tempo…a piada começa a virar ‘mais do mesmo’ e por isso q as duas perderam o hype…

    agora ler “O meu tipo de humor é o engraçado e esse não é caso dessa série. Desculpa, Eric e Michel, mas não dá. ”

    desculpa Ricardo se vc não consegue rir com The Office azar o seu, agora falar ‘meu tipo de humor é o engraçado’
    pra mim não tem ninguem mais engraçado q Michael Scott na tv atualmente…
    e vc cita Two and a Half Men série q eu abomino…então gosto é gosto e vc deveria respeitar mais o dos outros…não gosta?
    azar o seu…
    ou sorte sua, se preferir…

    agora querer ofender quem gosta de The Office pq é uma série ‘diferenciada’ é uma bobagem do tamanho do mundo…
    eu falo por mim tem séries que são ÓBVIAS e eu adoro, tem séries q são diferenciadas e eu amo, tem séries q eu comecei a gostar pelo hype enfim…isso não é vergonha pra ninguem e ninguem devia se achar mais ou menos q os outros por conta disso…
    tudo é uma questão de gosto…mas só digo uma coisa, pior do que gostar da série pq a critica fala bem e não gostar de uma série só pq a critica fala bem…mas cada um tem os seus ‘pecados’ no mundo das séries, eu tenho os meus vcs tem os seus…

  21. Period?! Falou cedo demais, Eric. O post mais polêmico dos últimos dias continua rendendo.

    Lucas, não sinto q tenha te respeitado. A minha ironia qdo digo que meu tipo de humor é engraçado até completa o seu pensamento. Pq humor é antes de tudo identificação, vc ri qdo se identifica com a aquela situação apresentada ou com aqueles personagens. Ou seja, uma experiência pessoal. Séries como Friends, Two and Half Men e Seinfeld criaram uma identidade com o grande público. Isso não significa q elas são melhores q as outra q não obtiveram esse sucesso.

    Não critico The Office por ser badalada pela imprensa, mas por me decepcionar no objetivo principal de uma sitcom: fazer rir. O q não impede outras pessoas de se divertirem com a série.

    Qto a Michael Scott, me sinto como os outros personagens de The Office diante dele: Constrangido.

    Como você bem disse, tudo é uma questão de gosto.

  22. Good job, Lucas!

    Já que o assunto não encerrou, vamos lá…

    Ricardo, mas quem disse que The Office é uma sitcom? Não é! Reveja seus conceitos. A série é simplesmente uma comédia com um formato diferenciado (igual My Name is Earl, Entourage, Scrubs…), e é errado você A auto-classificaR como um sitcom, sitcom. Aquele modelo mais clássico de comédias (com risadas de fundo, tipo Two and a Half Men, Old Christine…) está em crise. The Office é uma comédia e ponto.

    E cara, a série é mais ou menos sobre esse constrangimento que Michael Scott exala. Ricky Gervais é um gênio e criou um outro tipo de humor: o constrangedor. Em The Office você dá risada pelo constrangimento dos outros. E isso não é ótimo? Para ter uma idéia, o episódio da última quinta-feira foi o mais constrangedor da série. The Office também é a série das referências modernas e de suas head lines grudentas (That’s what she said).

  23. Nisso vc tem razão, falha minha, The Office não é uma sitcom. Mas de resto continuando pensando da mesma maneira. Esse estilo não me pegou.

  24. Ricardo ao dizer ‘meu tipo de humor é o engraçado’ vc inferiu diretamente que o tipo de humor de The Office é o ‘não-engraçado’ e consequentemente quem gosta disso gosta do ‘humor não-engraçado’ (como se existisse esse HUMOR ‘não engraçado’ hehehe…)

    mas enfim não foi um desrespeito propriamente mas foi pra lá de agressivo e desnecessário, se VC não acha graça diga ‘eu não acho engraçado’ é uma opinião sua…agora vc generalizar e AFIRMAR q The Office é engraçado é um pouco prepotente não acha?
    afinal como vc mesmo admitiu humor é algo subjetivo…vc citou Two anda a Half Men e eu simplesmente não consigo rir…acho a série forçada e mto pastelão as vezes…e acho q 99% do tempo o Charlie interpreta ele mesmo e não vejo graça, mas veja se eu disse a série ‘é fraca’ eu disse “EU ACHO” isso faz uma diferença gritante (pelo menos pra mim)

    e sim Michael Scott É o constrangimento em pessoa…e vc não consegue rir disso???
    concordo com o Eric o Gervais é genio nesse aspecto…e confesso que a The Office (UK) eu tenho até mais dificuldade em rir de TANTA vergonha q eu sinto pelo David…ele chega a ser um CU em alguns momentos, coisa q com o Michael é mais raro, quase sempre ele só é uma criança em um corpo de homem (como foi bem colocado na review dessa semana)

    e Ricardo vc não ri de uma situação constrangedora na rua???
    vc não ri lembrando de uma situação contrangedora q vc mesmo passou?
    sei lá acho q isso é um tipo de humor hilariante e eu rolo de rir…se isso não tivesse graça não existiriam as pegadinhas e N outros humoristicos q tem como premissa básica o constrangimento…Gervais explorou mto bem esse nicho

    mas cada um cada um…pra mim Carell (e seu Michael) é o mais engraçado no ar hj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s