Porque Survivor é o melhor reality em 10 motivos

Survivor

Não é fácil um programa durar dezesseis temporadas e continuar com uma audiência boa, mesmo que seja um reality show.

Então qual é o segredo desse programa que faz com que dois editores do blog pulem feito crianças a cada episódio novo?

10: Pioneirismo – Quando Survivor estreou em 2000, não havia nada igual na televisão americana (ou mundial). Para o bem ou para o mal, surgia ali a “reality television”.

9: Ineditismo – Assim como foi a pioneira nesse tipo de programa, pela primeira vez o público, ávido por barbáries e choque, pode ver estranhos sofrendo em uma ilha e sendo expostos a todos os tipos de sofrimento para nossa diversão. E a gente adora.

8: O capricho – Cada edição de Survivor depende do lugar em que é realizado. A abertura do programa sempre trazia elementos do país onde estava sendo filmado e, no decorrer do programa, são constantes as provas narrando a cultura e história da civilização em questão, mostrando a grande pesquisa que era realizada, e não apenas filmar uma competição em um lugar exótico.

7: Os concorrentes – Um bom “reality show” tem que contar com uma boa seleção de candidatos, afinal, são eles que nos teremos que acompanhar no decorrer do programa, e Survivor faz isso com maestria. Mentirosos, dissimulados, oferecidos…só gente que esquenta o programa.

6: A Edição – Ah, esse é um dos maiores trunfos. Imagine condensar horas e mais horas de filmagem de pessoas em uma ilha e ainda conseguir extrair suspense, comédia e tensão que muita série por aí não consegue (e um programa como Big Brother nunca conseguirá).

5: As Locações – Já teve Amazônia, Africa, China, Tailândia, Austrália…como eu adoro descer o sarrafo no BBB, como pode comparar um bando de pessoas inúteis em uma casa com esse em um lugar paradisíaco? Os cenários fantásticos são a cereja no topo do sorvete.

4: As provas – Sejam elas físicas, como empurrar alguém de uma balsa, ou agarrar-se a um poste, ou de raciocínio, como montar quebra-cabeças, as provas e desafios de imunidade sempre foram o ponto alto de alguns episódis. Sem falar que as provas em que é preciso comer algo ultra-nojento já se tornaram clássicas.

3: O jogo – O fato dos próprios concorrentes se eliminarem torna tudo mais interessante, já que American Idol já provou que americano quando vai votar não faz boa coisa. É preciso ir bem nas provas, conseguir uma boa aliança com os outros, não ser um inútil na equipe mas não ser útil demais ao ponto de se tornar uma ameaça. Pode parecer que não, mas é complicadíssimo de se jogar.

2: Jeff Probst –  Mas é claro que um grande show precisa de um grande apresentador e o Jeff é simplesmente o melhor, ou alguém consegue imaginar o vendedor de carros usados hiperativo que é o Ryan Seacrest como apresentador?

1: As relações – Por mais que seja um jogo com provas fantásticas em uma locação incrível, o mais importante é que ainda estamos vendo um grupo de pessoas totalmente diferentes que precisam unir-se para não moerrerem de fome ou devoradas por algo. E imagine viver com pessoas sabendo que em momento algum terá certeza se elas estão dizendo a verdade.

Enfim, This is Survivor.

Anúncios

21 comentários sobre “Porque Survivor é o melhor reality em 10 motivos

  1. adoro, vi as quatro primeiras edições quando tinha tv a cabo, e penso em voltar a ver…
    uma pena q a versão brasileira quis fazer um ‘spa na floresta’ e tirou a maior graça do programa, os caras lutando pra sobreviver
    …e no mais foi bem fracasso…as provas totalmente chupinhadas do survivor estrangeiro…mas quem sabe um dia eles não resolvem tentar de novo…

  2. concordo em genero numero e grau
    SURVIVOR é o melhor e essa temporada na Micronesia está cada vez melhor, totalmente inesperada
    eu não me canso dessa série e qualquer reality que veio depois não chega nem aos pés

  3. Voce não é a única Milena… Como qualquer outro reality show, pra mim é impossível o interesse passar de um primeiro episódio (só pela curiosidade). Tudo muito chato…

  4. vendedor de carros usados hiperativo que é o Ryan Seacrest

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk :) Adorei! Victor, vc deu a melhor definição dele. Vc provocou uma crise de risos em mim.

    Não vejo Survivor, simplesmente, porque já temho um monte de coisas pra ver e não dá tempo. Não posso acrescentar mais essa na minha lista. Mas me lembro do primeiro No Limite, era bem bom, claro que a Globo só é a melhor por aqui. Pq em termos de produção, não se compara ao Big Four dos EUA.

  5. Só uma coisa,resumindo, como qualquer reality show, o mais importante é o fator humano. Bons “personagens” é isso q manda.

  6. Ricardo, o Ryan é exatamente desse jeito, né? =]

    Confesso que o primeiro No Limite eu via e adorava, mas depois que a gente vê o americano, não tem comparação.

    Mas bem que podiam fazer de novo :p

  7. Nao acho que a edição do Big Brother seja ruim. A edição é o que mais representa um reality show.

    E Ryan não apresenta mal NAAAAO!!!

  8. O Victor faz tanta propaganda de Survivor que ele deveria ser pago por isso.. rsrs

    Eu até já havia me esquecido deste programa, mas de tanto ouvir ele falar, acabei relembrando e agora até vou acompanhar. Mas, realmente, dentre tantos programas sem graça, ele se destaca como o melhor reality show da tv.

    Pena que estragaram a versão brasileira, fazendo uma cópia malfeita e sem graça.

  9. Survivor é meu reality show predileto, seguido de Amazing Race. Os aspectos mais interessantes para mim são o fato dos participantes chegarem muito próximos de seus limites físicos e psicológicos, os twists de cada temporada que sempre trazem mudanças significativas na mecânica do jogo, o host Jeff Probst, que participa efetivamente do jogo, e a seleção de candidatos, que normalmente é muito boa. Pena que poucos canais investiram em transmitir Survivor no Brasil, se não me engano foram transmitidas 5 temporadas (multishow, axn e people & arts). A última temporada que assisti foi a 14a. (Fiji), mas a que mais gostei foi a 8a. (Survivor All Stars). Pena que pra assistir a série em sua totalidade tem que entender bastante de inglês, pois acredito que não há nenhuma iniciativa de legendagem por parte dos fãs. Eu, que não sou proficiente em inglês, perco muitos diálogos, mas mesmo assim ainda acho a experiência de assistir o seriado extremamente prazeirosa.

  10. Concordo com tudo que escreveu, tem 1 ano ja que descobri no people and arts e nao paro de assitir, ja estou terminando as 16temporadas e esperando a proxima! Pena que no brasil nao deu certo o no limite pq relmente era limitado e mal organizado! Eu tbem meto pau em big brother, Muitooo melhor survivor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s