Reviews: Algumas Comédias da Semana

Comentários de algumas comédias da semana que passou. Séries como Two and a Half Men, The Office, Everybody Hates Chris e My Name is Earl ficarão para a próxima coluna!

Enjoy!

Spoilers Abaixo:

Por Anderson Vidoni

How I Met Your Mother 3×16 – Sandcastles In The Sand – 7 (MVP: Neil Patrick Harris)

Indo na contramão da maioria que acompanha o seriado, eu não gostei tanto deste episódio. Um dos motivos pode ser explicado por eu querer que a Robin deixe o seriado o mais rápido possível. Mas nem o namorado dela do colegial, nem todo aquele clima brega dos anos 80, nada disso me fez rir dessa vez. No Slap Bet tudo havia funcionado perfeitamente, mas aqui me pareceu forçado e sem graça.

Mas nem só de críticas ficaremos nesse minireview. O que foi aquele “Revertigo”? Espetacular isso, ri muito da Lilly e o Ted depois. Marshall e esposa, fazendo papel de pais da Robin também foi divertido. E finalmente, Barney e Robin juntos. Eu gostei da ceninha deles no final, pode ser interessante esse envolvimento. Mas a idéia de ter mais Robin no seriado…

30 Rock 2×13 – Succesion – 9,5 (MVP: Alec Baldwin, Tina Fey)

30 Rock é a melhor comédia no ar. E quando você assiste a um episódio como esse entende totalmente o porquê. Tudo funcionou, tudo foi engraçado. E a série é a que tem as melhores frases de todas hoje no ar, junto com House. O que dizer de pérolas como essa abaixo:

– Lemon, I’m promote you to head of East Coast Television and Microwave Oven Programming.
– What?! When did you have microwave back?

Aqui tivemos o inicio de um arco maior, com o Jack quase chegando ao poder, porém com o Devon (Will Arnett, sempre ótimo, retornando) o pregando uma peça no final. Liz pensando que ia se livrar de sua antiga vida, quando Donaghy lhe oferece seu cargo:

“Suck it monkeys! I’m going corporate!”

O plot do Tracy, querendo deixar um legado para seus filhos e criando o jogo pornô. Isso foi hilário e a resolução com o Frank em frangalhos, inacreditável. Houve também tempo para uma homenagem ao filme Amadeus e a triunfal participação de Dr. Spaceman. Imperdível e inesquecível este episódio.

Scrubs 7×09 – My Dumb Luck – 7,5 (MVP: Ken Jenkins)

Cox encontra um paciente do qual não cosegue diagnosticar a doença e JD e Turk tentam o ajudar. Essa parte nem foi tão boa. Mas o que compensou no episódio foi o Kelso. Toda aquela história dele sair que já vinha vindo do começo da temporada, chega ao clímax aqui.

Já tinhamos tido um episódio em homenagem ao personagem na temporada passada, que eu adoro, o 6×07 His Story IV. Este tem um clima de despedida no ar com o Kelso contando sobre sua história no hospital e tudo. Foi bem emocionante. O final é outro ponto alto. Ele é ajudado pela turma do hospital a permanecer no cargo só para no fim poder sair por conta própria.

O problema da série é que ela está incrivelmente inconstante, alternando episódios bem legais, com alguns bem fracos. E alguns como esse, coisas boas e outras totalmente dispensáveis.

Por Daniel Barcelos

Samantha Who? 1×12 – The Butterflies – 6,5 (MVP: – )

Odeio escrever sobre um episódio que não gostei, principalmente quando sei que a maioria gostou bastante, mas é isso que faz a vida algo tão colorido (como diria a Paula Abdul).

Samantha Who?, querendo ou não, é uma sitcom, uma comédia de situação, e por melhor que tivesse sido a intenção dos roteiristas ao fazer esse episódio tão novelinha, cheio de metáforas à la Grey’s Anatomy (em sua fase negra), o objetivo desse gênero é, se não te fazer gargalhar, ao menos te divertir com, pelo menos, um sorrisinho amarelo. E esse foi o grande problema do capítulo dessa semana, nenhum músculo da minha face se moveu.

Imagino que todos esperavam o dia de ver Samantha voltando um pouco para o seu antigo “eu”, usando a todos, traindo e sendo aquela pessoa super egoísta que ela era. E, talvez, a expectativa era maior, gerando uma decepção gigantesca. Talvez o episódio só tenha sido ruinzinho mesmo, não sei.

Essa história da não construção de um shopping com o intuito de salvar alguma espécie em extinção já foi retratada em, pelo menos, 37 filmes (que passaram na sessão da tarde ano passado). Não é possível que os roteiristas sejam tão limitados a ponto de não pensar em nenhuma analogia melhor para a vida de Sam…

A persiguição da Sam pelo seu ex-namorado já cansou há dois episódios e não vi nada mais tosco e clichê do que a cena em que a Dena liga a TV e assiste sua amiga pedindo desculpas em rede nacional (?), cafona demais. Enfim, é a primeira vez que realmente fiquei entediado em ver Samantha Who?, a série ainda possui alguns créditos comigo.

The Big Bang Theory 1×13 – The Bat Jar Conjecture – 8,5 (MVP: Jim Parsons )

The Big Bang Theory foi regular, algumas ótimas sacadas e uma coisa que começou muito bem há alguns episódios, mas que começa a ficar desgastado, puxando para o irritante: a conduta egocêntrica de Sheldon.

O Raj falando com a Penny, sóbrio foi muito bom, assim como a loirinha lendo as perguntas (para os 4 membros da, nossa conhecida, equipe de físicos, que entram numa “gincana” sobre seu assunto preferido) e sua ótima lamentação para o Leonard: “Você disse que eu só teria que ler as perguntas…“. Outro bom momento foi a competição em si, quatro contra um, numa disputa super acirrada, fora os ótimos uniformes.

Ver a Penny “dormindo” pelo tédio foi constrangedor e totalmente desnecessário, assim como a insistência do uso constante e maçante da carta: “Eu, Sheldon, me basto, não preciso de ninguém e, quem quiser, me aceite do jeito que sou.” Não que não tenha sido engraçado, mas eles já podem começar a variar as piadinhas pra não cansar o público. O final foi sensacional, com a Penny apontando a completa ignorância de seus vizinhos, quando o assunto é… bom, quando o assunto é qualquer outro senão Física/Seriados e filmes de ficção científica.

Anúncios

6 comentários sobre “Reviews: Algumas Comédias da Semana

  1. poh discordo, só vejo Big Bang junto dessas comentadas, e achei q a série tá investindo no q mais me faz rir, as loucuras do Sheldon, a longo prazo vai cansar, mas por ora acho q ta longe disso

    me irritava mais com ele no começo do que agora…

    e concordo quanto a cena da Penny dormindo…sem graça

    mas a cena do pote de biscoitos, da Leslie e a cena final foram boas demais!!!
    assim como a cena inicial eles falando de Star Trek!!!
    e realmente qualquer coisa do mundo ‘pop’ eles passam longe hahaha
    e queria ver se o conhecimento deles se limita a apenas isso mesmo…queria ver eles falando sobre politica qq hora ve se eles sabem algo…(pelo episódio passado q o Sheldon fala dos judeus parece q não hehehe)

  2. “30 Rock é a melhor comédia no ar”? Eu devo ter problemas, juro que ja tentei assistir a 4 episodios diferentes de 30 Rock desde a primeira temporada (inclusive o que teve Seinfeld como convidado) e nao consigo muito mais que sorrisinhos amarelos com essa serie (e nem isso conseguiria com uma piadinha tão desgastada como a do microondas — voce apresenta duas opcoes, a pessoa só se interessa pela menos importante das duas). Ate mesmo Seinfeld foi desperdiçado, PELA PRIMEIRA VEZ NA TV, ao aparecer em um programa. Acho muito, mas muito mais engraçado e divertido assistir a The Big Bang Theory, Two And a Half Men, Back To You, Aliens In America e outras. 30 Rock não tem a menor graça. :-(

  3. Rubens, a piada foi engraçada no contexto. Quando bem contada, qualquer piada fica engraçada. Nesse episódio houve uma piada com tapas na cara e apesar de batida, conseguiu ser bem engraçado também.

    E vc falar de piadas desgastadas citando Back To You e TAAHM? Isso que é estranho.

    Agora, simplesmente você não gosta de 30 Rock, conheço várias pessoas que também não gostam. Normal. Eu também não vejo graça em TAAHM.

    Karine, eu adorei também o revertigo da Lilly. E venha comentar 30 Rock depois.

  4. Dessas só assisto 30 Rock, e “Succesion” é meu segundo episódio preferido dessa nova temporada (o primeiro é Greenzo). Toda a homenagem a Amadeus (será que o Tracy morreu?), o capitalismo (Suck it monkeys) e a “conclusão” sobre quem ficaria no lugar do Geis foi incrível. Ah, o dr. Spaceman foi hilário. Mais um EMMY esse ano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s