House – 4×16: Wilson’s Heart [Season Finale Part 2]

Talvez o grande inimigo do episódio dessa semana seja a pressão que o episódio anterior deixou. Teria como igualar ou superar a primeira parte tão genial desse season finale? Não sei vocês, mas esse foi um dos episódios mais emocionantes que eu já vi na minha vida.

Talvez tenha sido o ambiente (assisti esse episódio tarde da noite, sem barulho, com o fone de ouvidos e com a cara colada no monitor), ou a quantidade de simbologia e metáforas, ou as belas atuações com a trilha sonora triste ou simplesmente todas as alternativas anteriores misturadas, mas uma coisa é certa, não vou esquecer esse episódio final tão cedo.

Spoilers Abaixo:

Ao mesmo tempo em que essa semana as coisas voltaram para o padrão do que estamos acostumados a assistir, ainda ficou aquela pontinha de “algo diferente no ar”, pois a paciente com sintomas misteriosos da semana é alguém que conhecemos e isso é bem raro de acontecer.

Luzes brancas, pessoas representado diferentes sentimentos, limbo em forma de ônibus e mais uma viagem ao cérebro de House fizeram desse episódio uma experiência e tanto. O título do episódio é bem sugestivo e logicamente não se refere literalmente ao coração de Wilson e sim os seus sentimentos e emoções. E que emoções.

Eu me considero uma pessoa fria e que dificilmente entro na onda de situações tristes ou românticas, mas não teve como sair ileso da cena de despedida entre Wilson e Amber. Que situação absurda e bem feita.

A morte de Amber representa uma grande mudança na temática entre House /Wilson e ao mesmo tempo em que existem argumentos que culpem e exonerem House pela morte de Amber, uma coisa é certa, se Wilson pudesse escolher entre salvar seu melhor amigo ou o amor da sua vida, acredito que depois daquele pedido que ele fez para House usar tratamento de choque para lembrar do acidente, ficou claro que os sentimentos de Wilson eram mais fortes por Amber.

Eu gostava de Amber e acredito que sua morte não foi em vão. As possibilidades deixadas para a próxima temporada são muito boas. A data de expiração da 13 é outra grande boa possibilidade de trama interessante. Agora que foi confirmado que ela realmente possui Doença de Huntington, quero ver se o comportamento dela vai mudar agora que é a morte é eminente.

O que mais me chamou a atenção nesse episódio foi o comportamento de House no limbo. A forma como ele admitiu para o “fantasma” de Amber em prantos que ele talvez preferisse morrer a ter que encarar a solidão, a dor e o ódio de Wilson foi uma cena muito boa. Uma rara humanização do nosso médico favorito.

Essa provavelmente não foi a melhor temporada, mas sem dúvida alguma gerou excelentes episódios. Ainda continuo no time dos saudosos e preferia ver Chase, Cameron e Foreman no time com House.

E não se esqueçam, não só “everybody lies” como “everybody dies”!

Anúncios

23 comentários sobre “House – 4×16: Wilson’s Heart [Season Finale Part 2]

  1. Uau! É tudo que consigo dizer agora… estes episódios seriam exibidos pós Superbowl (no caso, House’s head) mas acho que a greve acabou propiciando uma season finale à altura da série e as inúmeras possibilidades abertas para a 5ª temporada. E foi também uma prova que, mesmo com uma fórmula, a série tem roteiristas e elenco com talento para fazer cada episódio único.

  2. Episódio sensacional. Realmente entra para a memória. Superou House’s Head em quantidade de cenas inesquecíveis e as coisas que House diz para Amber no limbo certamente foram um destaque. Nós nunca vemos esse lado dele. Mal posso esperar pela quinta temporada.

  3. mto emocionante, eu também não me emociono mto com cenas trsite mas eu quase chorei com esse episodio….agora sobre a morte da Amber não há culpados, o que tiver que acontecer vai acontecer…… não tem como evitar………

  4. Adoro House, foram poucos episodios que assisti e não gostei, mas esse é total mente novo!

    Eu chorei que nem criança, fiquei com dó de todo mundo da equipe velha, da nova do wilson da amber do house e inclusive da Cuddy, pelo cuidado e sentimentos, foi simplesmente o máximo!

    Muita coisa acontecendo e muita coisa significativa.

    Uma pena ficar tanto tempo agora sem novidades

  5. Foi uma season finale excelente!!!
    Simplesmente sem palavras.
    Mas, eu naum acho que foi uma temporada pior que as outras, acho que foi uma temporada do House, ou seja, com seu significado(leia-se tbm gancho) diferente…
    Acabou que O pior episodio da temporada foi “No more Mr. Nice Guy”
    “Living the Dream” colocou muita graça, pra compesar esse periodo tenso em que série entrou
    de House sem Wilson, Wilson sem Amber, Drª. 13 Hadley com Huntington, e uma equipe no fim das contas ainda indefinida…
    Chase, Cameron e Foreman conseguiram se afastar do House, mas naum por muito tempo…
    a competição dos 9 primeiros capitulos foi boa, episodio bom atras de episodio bom.
    It’s a Wonderful Lie, Frozen e Don’t Ever Change mostram um pouco da quimica da nova equipe do House.
    E bateram no que todo episodio normal (que em toda temporada tem uns 3 ou 4, só que não seguidos como foram esse falando sobre Everybody Lies). Desses 3 Frozen foi o melhor.
    Mas digo e repito House’s Head foi excelente, e Wilson’s Heart foi bem mais, muito mais que isso.

    Quando começa a quinta?

  6. Amei o episódio. House passou a ser uma das minhas séries do peito. :)

    Chorei como criança durante as cenas mais emocionantes. Faz tempo que um episódio não mexe tanto comigo. :/ E eu vou sentir saudades da Amber…

    Mas eu não acho que ela vai embora não. O House não tem uma fratura no crânio? O que impede de, uma vez ou outra, ele ter umas alucinações com a Amber dentro do quarto? Sempre pode acontecer. =]

    Fantástico. Vou assistir n vezes.

  7. Muitooo perfeito, atuações, roteiro, direção, até o nome do episódio é muito maior q simplesmente o coração do Wilson. Muitas coisas já foram ditas, então vou fazer minhas OBS:
    ~> No final, se alguém ainda pensava numa relação entre Cameron e House ficou claro, ela nem foi ver ele no hospital, foi pro bar com o Chase e Foreman, quem ficou com ele coi a Cuddy, e foi muito lindo ela com o braço estendido de mãos dadas com o House.
    ~> A relação House/Wilson poderá ser explorada de diversas formas, mas eu acho q ele irá culpá-lo pela morte de Amber, ainda mais por causa daquele bilhete no final.
    ~> A 13 foi a única dos novatos que entrou para o elenco regular da série, e agora descobre que realmente tem Huntington, como isso fica??
    ~> House admitindo no busão que não queria mais sentir dor, enfrentar Wilson, acho q foi o episódio mais emocionante que assisti de tds as série que eu vejo.

    Chorei desde a hora que a Amber acordou para se despedir até o final õ.õ

  8. OOPS! EVERYBODY CRIES! Including me.

    E ver o House chorando e valorizando a amizade com o Wilson foi inesquecível.

    Só faltou a Cameron. E a Cuddy segurando a mão do House, nossa!

    O olhar do Wilson na cena final é prenúncio de uma boa dose de drama na próxima temporada. Great!

  9. Vale ressaltar o quanto uma mesma idéia pode ter resultados diferentes: a idéia de quase-morte, limbo, etc, foi feita na 3ª temp. de Grey´s Anatomy com a Meredith e, pessoalmente, foi péssimo. O oposto do que vimos em House.
    Também gostei do destaque que o Wilson teve que é o meu personagem favorito (depois do House, hehe). Uma das melhores coisas da série é esta relação entre eles e que será bem destacada na 5ª temporada.

  10. É difícil alguma série me emocionar a ponto de refletir os acontecimentos mesmo dias depois que eu vi o episódio. Fizeram com que eu me apaixonasse completamente por todos os personagens ali, inclusive por aqueles que eu não sentia tanta simpatia.
    Lembro das brigas e dos xingamentos entre HousexAmberxWilson e bate um certo remorso assistir a episódios antigos.
    Também me lembro do House falando: “I’ll sacrifice a lab rat, I’ll sacrifice a fly, I’ll sacrifice $200 on a mudder at Monmouth Park. I don’t sacrifice self”.
    As lágrimas simplesmente começaram a cair e não pararam mais até o final do episódio. E as músicas não saem da cabeça. Muito lindo!
    Pena que falta tanto para a 5ª temporada. Muitos sentimentos a explorar, muitos personagens para fortalecer.

  11. cry cry cry

    foi o k eu fiz desde o 1º monemto kandoestava a dar a musika de abertura já tinha a almofada todo molhada

    o k mais gostei foi a forma comoos sentimentos de house e wilson foram explorados eu pessoalmente gostava da Amber mas ela morreu eu sinseramente é k fikei para morrer por nunca axeik ela morrece

    Outra parte k eu gostei foi de ver a cuddy de mão dadas com House ficou brilhante

    2 de setembro, 2 d setembro

    k nenca mais xega

    como diria o House everybody liedes

  12. Raquel

    Também já tive essa dúvida e após pesquisar, consegui os nomes das DUAS atrizes… Pois é… Elas bem que se lembram mas não são a mesma pessoa:

    Amber Volakis – Anne Dudek
    Casey Novak – Diane Neal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s