Private Practice – 1×08 – In Which Cooper Finds a Port in His Storm

privatepractices01e08hdtvxvid-caphavi_002518347.jpg

Eu definitivamente estou tendo uma semana abençoada. Domingo teve um episódio fabuloso de Dexter. Segunda, Chuck finalmente mostrou a que veio. Two and a Half Men teve seu episódio mais engraçado da temporada, Weeds encerrou terceiro ano com chave de ouro e Journeyman vem numa sequência de ótimos episódios. House é o dono das terças e nos brindou com um episódio obra-prima. Na quarta, bom, na quarta Private Prictice arrebentou em todos os sentidos. In Which Cooper Finds a Port in His Storm foi um episódio glamuroso.

Spoilers Abaixo:

Todo o clima descontraído do episódio foi a coisa mais linda. Assisti os primeiros 25 minutos do seriado com um belo de um sorriso no rosto, e também era impossível não ficar. Private Practice atingia ali sua excelência na temporada.

O “day after” dos médicos não poderiam ser mais divertidos. Addison choramingando por ter levado um bolo de Pete “Eu não levo bolo. Eu sou a Addison“, Violet por também ter levado um bolo de Cooper “Eu tenho boas partes e Cooper as dispensou“, Cooper se sentindo meio culpado pela situação com a “ex-amiga colorida” e Pete morrendo de ciúmes do novo affair da Dra. Montgomery. Já o “day after” de Sam e Naomi não foi nada estranho, justamente por tem significado um recomeço para o casal “O padre Mark disse que ainda somos casados aos olhos de Deus. Então tecnicamente, o que fizemos na outra noite, não é pecado”.

Private Practice é ainda mais deliciosa quando temos episódios despretensiosos como este. Foi bacana vermos uma Addison tão materna, com tanto amor para dar, mas sem poder ter sua desejada criança. As cenas dela com a bêbêzinha, ou BatGirl como ela a nomeou, foram maravilhosas. Dava pra sentir que ela estava fazendo de tudo para aproveitar ao máximo aquele momento. E isso foi realmente triste. Aliás, a Kate Walsh esteve muito bem no episódio.

E não adianta, o Cooper sempre rende os melhores momentos. Para tentar esquecer o episódio da noite anterior com Violet, ele se refugia nas as salas de bate papo na internet e consegue arrumar um encontro. Mas para a surpresa geral, a mulher que ele conversava era ninguém menos que a Dra. Charlotte (a.k.a. loirinha gostosinha). De inicio ela faz jogo duro quando descobre que se tratava do Cooper a pessoa que ela conversava, mas no final eles se acertam e os médicos finalmente “selam o acordo”. Eu gostei bastante desse novo casalzinho, porém nem dá pra ficar muito contente porque vai saber como será o “day after” dos dois. Ela pode acordar e nunca mais querer transar com ele de novo, ou pode até mesmo querer ter uma relação sólida com ele. Mas acho que foi só one night stand mesmo.

Ah, e toda aquela história do paciênte da Violet, o “tromba”, foi muito, muito engraçada. A reação da Addison quando a Violet conta o significado do apelido é absolutamente impagável. Private Practice finalmente voltou a brilhar.

1×08 – In Which Cooper Finds a Port in His Storm – 10 (MVP: Kate Walsh, Paul Adelstein)

7 comentários sobre “Private Practice – 1×08 – In Which Cooper Finds a Port in His Storm

  1. Definitivamente esse episódio foi maravilhoso, impecável.
    O elenco tem uma química invejavel, todos são ótimos atores, e brilham sozinhos ou em duplas/grupos.
    Kate Walsh esteve maravilhosa no episódio.
    Audra McDonald me conquista cada vez mais…
    Paul Adelstein mantém o nível de brilhantismo…
    KaDee Strickland agora sim tem um motivo para aparecer mais na série…
    Amy Brenneman dá show, como sempre… a dupla Violet e Cooper é simplesmente a melhor coisa da tv desde o controle remoto.

    Addison desabando no final com a amiga Nay foi uma cena emocionante, dificil não ficar triste com ela. Alias, a amizade Addie/Nay se torna cada dia mais bonita, e podemos ver isso na cena em que Addie está no armário com BatGirl (!) e no telefone com Naomi…
    Sam e Naomi: é assim mesmo que quero vê-los. Juntos. Taye e Audra já têm um histórico da Broadway, e mandam muito bem juntos. SPOILER: E parece que a coisa vai se complicar no próximo episódio, com o muleque do Dell querendo se meter, dizendo que ama Naomi… Me poupe, Dell. Vai arranjar alguem da sua idade e para de encher na Naomi!

    Sabe qual o problema de PP? Os pacientes. Eu raramente gosto deles, com as ótimas exceções da troca dos bebês, do garotinho gay, e agora desse neném e da mãe Danielle Van De Kamp. Porque tirando os pacientes, PrP me encanta a cada semana.

    Detalhe:
    – “Eu gosto dos seus peitos”
    – “Você tem uma bunda boa”
    – “Ah, brigada. Eu gosto dela”
    Foi o melhor diálogo do ano! :D Eu ri em gargalhadas… simples, bem escrito, e bem atuado. A dupla Violet/Addie tbm é ótima…

    Alias, ali, todas as duplas sao boas… Violet/Pete, Cooper/Addie; o trio dos rapazes e das garotas…

    Enfim, episódio sensacional.
    Pena que com o Thaksgiving a ABC se ferrou legal, e PP teve apenas 8 milhões de telespectadores. (Ainda acho que esse numero vai aumentar um pouco com a audiencia oficial). Ainda nesse assunto: Eric, quando vc for fazer a coluna de Audiencia Quarta-Feira, me faça entender, por favor, pq a ABC perdeu MUITOS telespectadores, e a CBS manteve os números de Criminal Minds, e NBC passou a frente da ABC com Deal or No Deal.

    Ótimo review, Eric.

  2. Outra coisa (que post grande!)
    Charlotte e Cooper com certeza vai ser um casal divertido de se assistir, e vai ser melhor ainda ver a Violet morrendo de ciumes do Coop.
    Tinha medo de Vooper ser outro Gizzie, mas rapaz, Violet e Cooper nasceram um para o outro!

    Pete com ciumes da Addie foi maneiro… ele tá doidinho por ela…

    Trunk foi irado! UAUAUHUAHUA
    E não foi muita falta de profissionalismo a Violet contar pro Pete, afinal, como ele disse, os pacientes sabem que eles dividem os arquivos. Co-op med :D
    Isso explica muita coisa… todos discutindo os pacientes dos outros… :D

    Go Vooper!
    Go Sami!
    E Paddie por enquanto fica do jeito que tá. Quero ver o David Sutcliffe dar uma sacudida naquela bagaça.

  3. hsudhsud. cara eu li as duas primeiras estrofes do post e tO morrendo d vontade d ver o restO.; Mais nem vi o episodio ainda entao vO fazer uma forcinha e dexar pra ler depois!

    PAssa lá?
    Lucas Santtos
    serieseaqui.blogspot.com

  4. Uau, que mega comentário, heim Franscisco? Sabia que ia gostar do comentário do episódio aqui! :P

    Enfim, nós dois já falamos praticamente tudo, nem há mais nada o que comentar. E realmente concordo com você, os paciêntes as vezes pisam na bola e podem deixar o episódios menos especial. E também estou torcendo por Charlotte e Cooper!! \o/

    Sobre a audiência, foi o que disse no tópico adequado. O fato das séries da CBS e NBC conseguirem ótimas audiências joga essa teoria do Thaksgiving por água abaixo. Vamos ver como será a audiência do Grey’s Event de ontem. Se for superior a 19 milhões, dai a queda de quarta não foi culpa do Thanksgiving. Talvez não só. Mas realmente não sei lhe dizer o que houve. Foi misteriosa essa queda, viu.

    Lucas, vá ver o episódio já. Foi ducacete!

  5. Putz, ainda não vi esse. Mas se o 1.7 já tinha sido muito bom, esse então. Parece q PP começa a atingir sua maturidade e as coisas estão no caminho certo. Os personagens estão mais bem desenvolvidos, especialmente Charlotte, Cooper e Dell. A Dra. Addison já era o máximo em Grey’s e agora voltou a sua melhor forma. Nem li o post, pra não estragar a surpresa

  6. Os personagens estão mesmo se “entrelaçando” de uma maneira interessante. É ótimo quando você começa a se empolgar com eles, a torcer por eles. Mostra que roteiro e atuação estão funcionando bem. Você considera cada Doutor ali como um amigo seu.

    A cena da Addison chorando com a Naomi foi muito comovente. Kate tava ótima nesse episódio.

    Só que as vezes o roteiro dá uns furinhos, sei lá. Não me convenceu muito a maneira de como a Naomi e o Sam descobriram quem pegou febre tifóide primeiro lá no convento…

    Mas isso é detalhe… eu estava com o pé atrás com essa série no começo dela, mas agora não me arrependo de nenhum byte baixado. ;D

  7. Pois é, Eric… me empolguei uhahuahuahua
    bom… eu realmente achei estranha demais essa queda de audiencia.. se fosse só PP, eu ficaria deprimido… mas foram todas as séries da ABC…
    alias, PP aumentou a audiencia na segunda metade do episodio.. pouco, mas aumentou :D fico feliz..

    torço por Violet e Cooper momentaneamente :D
    mas qdo a Violet se tocar, quero Vooper!

    normalmente nao sou mto shipper… mas Vooper eu pago pau :D
    pago pau pra Addison tbm.. pqp..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s